Conceito.de

Conceito de roedor

Um roedor é um mamífero de tamanho pequeno que se caracteriza pelos seus dentes incisivos. Estes dentes, que crescem de forma contínua, permitem-lhes roer (isto é, desgastar algo ou cortá-lo em pedaços pequenos).

Os roedores constituem a ordem de mamíferos com maior quantidade de espécies. Existem quase 2.300 espécies de roedores que se distribuem por todo o planeta, à excepção da Antárctida.

Em termos gerais, pode-se dizer que os roedores têm quatro patas curtas e uma cauda. A maioria não mede mais do que 30 centímetros de comprimento embora alguns cheguem a medir um metro.

Os especialistas associam a ampla população de roedores à sua fecundidade e à sua capacidade de escaparem e esconderem-se dos predadores. Estes animais ainda se conseguiram adaptar a diversos ambientes: é possível encontrar roedores na selva, no deserto e na montanha, só para citar algumas regiões.

Entre os roedores mais conhecidos destacam-se as ratazanas, os coelhos, as lebres, os castores e os hámsteres. É importante mencionar que, enquanto alguns roedores são considerados mascotes/animais de estimação em certos países, outros são definidos como pragas pelos danos que provocam aos cultivos e por ser vectores de doenças.

Há roedores, por outro lado, que são consumidos como alimento pelo ser humano, como acontece com o coelho, que serve para preparar alguns pratos, como o coelho à caçador (acompanhado por batatas, cenouras, cebolas e outros ingredientes).