Conceito.de

Conceito de semblante

O vocábulo latino simĭlans derivou no catalão semblant, tendo depois chegado à nossa língua sob a designação semblante. O conceito é usado para designar o aspecto ou a aparência do rosto de um indivíduo, geralmente vinculado a um estado de saúde ou anímico.

Exemplos: “Estou preocupado com o avô Ernesto: não estava com bom semblante quando o vi esta manhã”, “O jogador italiano voltou a aparecer aos treinos, com outro semblante após meses imobilizado a recuperar da lesão”, “O semblante do autarca deixava entrever a sua preocupação pela difícil situação política e social que se vive na cidade”.

Costuma-se usar a noção de semblante para fazer referência àquilo que transmite uma pessoa através das expressões na sua cara. Posto isto, se um individuo se sentir mal, estiver preocupado ou ansioso, dir-se-á que está com “má cara” ou “mau semblante” (embora de uso mais raro). Noutros termos: todas estas questões (o mal-estar físico, as preocupações e a angústia) podem ser reparadas olhando para o semblante de uma pessoa.

Da mesma forma, a felicidade, a tranquilidade ou a satisfação também se podem intuir ou supor através do semblante de um sujeito.

Em termos concretos, dentro do âmbito da Psicologia diz-se que o semblante de uma pessoa é bastante útil na hora de conhecer muitos aspectos da mesma:

-O tipo de ideias que costumam ser predominantes na sua cabeça e que, assim sendo, vêm definir a sua personalidade. Referimo-nos a, por exemplo, se é alguém positivo ou negativo.
-O estado de humor com que está naquele momento. Desta forma, podemos saber se está triste, contente, preocupado, nervoso, etc…
-Se é seguro ou não, seja de maneira habitual ou mais precisamente naquele momento.
-Se está a mentir ou a dizer a verdade relativamente àquilo que lhe estão a perguntar. Para além de tudo isto, considera-se importante saber detectar todos estes dados que transmite o semblante, isto é, a expressão do rosto, das pessoas. É bastante útil por muitas e variadas razões:
-Permite poder realizar empatia com o indivíduo que se tem à frente.
-Da possibilidade de poder detectar situações nas quais essa pessoa está a sofrer, o que pode levar a que se tome a decisão de lhe poder prestar ajuda.
-É uma maneira de poder averiguar que está a acontecer alguma coisa a essa pessoa e tomar as medidas de precaução necessárias para evitar algum tipo de situação complicada.
-Assim, averiguar tantos aspectos no semblante de alguém ajuda a poder tomar decisões, uma vez que se averiguará, por exemplo, se está a mentir ou a dizer a verdade. Deste modo, por exemplo, uma mulher pode acabar com o seu marido se reparar que ele está a mentir acerca da pergunta que ela lhe está a fazer sobre se lhe tem sido (in)fiel.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

deambulação

Chama-se deambulação ao ato de deambular: mover-se sem rumo nem direção. Deambular pode estar associado a vaguear. Por...

Conceito de

dardo

O termo frâncico “darodh” chegou ao francês como “dard” e deu origem ao termo português dardo. É uma...

Conceito de

dano ambiental

Dano é o resultado de danificar (prejudicar, ferir, provocar um dano). Ambiental, por outro lado, é tudo ligado ao meio...

Conceito de

doca

A etimologia de doca nos leva a um vocábulo da língua holandesa “doke” que pode ser traduzido como bacia. O termo...

Conceito de

dança contemporânea

Dança é ato de dançar, que pode ocorrer de várias maneiras. O contemporâneo, por outro lado, é o que faz parte do tempo em...

Conceito de

damasco

O conceito de damasco pode ser usado de diferentes maneiras. Um dos usos mais comuns está relacionado ao fruto de uma árvore...

Conceito de

donzela

A noção de donzela vem de “dominicella”, um vocábulo do latim vulgar que significa senhorinha. O conceito tem...

Conceito de

lesado

Lesado é um adjetivo usado para descrever alguém que sofreu danos significativos. O termo deriva do verbo lesar: causar danos,...

ARQUIVOS