Conceito.de

Conceito de situação comunicativa

Considera-se situação comunicativa qualquer conjunto de elementos que intervêm num ato de comunicação: o emissor; o receptor; a mensagem; o lugar e o momento onde se realiza o ato, etc.

A teoria da comunicação indica que, no ato comunicativo, compete ao emissor enviar uma mensagem para um ou mais receptores. Essa mensagem propaga-se através de um canal e pode ser compreendida quando o emissor e o receptor compartem um código. Também é importante que o receptor tenha conhecimentos acerca do referente da mensagem para compreender de que se trata.

A situação comunicativa, por conseguinte, está relacionada com o lugar concreto e o momento específico nos quais todos estes elementos agem e se interrelacionam. É importante destacar que, numa comunicação fluida, os papéis se cruzam constantemente: a pessoa que envia a primeira mensagem torna-se no receptor quando recebe a resposta do outro sujeito, logo passa a ocupar o papel de emissor e assim sucessivamente.

Na situação comunicativa, por outro lado, existe sempre um propósito. Isto significa que a comunicação é iniciada com alguma finalidade como dar a conhecer uma informação ou pedir uma ação ao interlocutor.

Por exemplo: no dia 8 de Maio às 10:30 horas, o gerente comercial de uma empresa envia uma mensagem de correio eletrônico ao dono de uma empresa para o avisar que acaba de fechar um acordo comercial com outra empresa. Cinco minutos depois, o dono responde pela mesma via, felicitando-o e convidando-o a ir ao seu escritório para lhe dar mais informações. Nesta situação comunicativa, deste modo, os papéis de emissor/receptor cruzam (trocam) uma vez.

Na situação comunicativa, também conhecida como “situação de comunicação”, os envolvidos fazem uso do seu acervo cultural e também de sua visão de mundo para construir suas mensagens.

É também importante abordar sobre a “intenção comunicativa” que é diferente da “situação comunicativa”. A intenção comunicativa trata-se da pessoa compreender que pode influenciar o ambiente por meio da comunicação: gritar para conseguir chamar a atenção, por exemplo.

A situação comunicativa faz uso também de elementos que são objetos de estudo constante no que diz respeito as teorias da comunicação, especialmente no jornalismo, tais como alguns dos já citados: emissor, receptor, a mensagem e seu contexto e também o canal, o código, entre outros.

Abaixo uma explicação sobre alguns desses elementos:

– Receptor: é aquele para quem a mensagem é destinada, é a pessoa que ouve;

– Emissor: é a pessoa que transmite essa mensagem, quem fala;

– Mensagem: é o objetivo a comunicação. Ela é constituída por todas as informações que são passadas por meio da comunicação;

– Contexto: é o que faz com que a mensagem possa existir, tratando-se da situação que faz com que seja desenvolvida a mensagem e a comunicação ocorra;

– Código: é modo como a mensagem é organizada. E ele pode ser tanto um idioma, uma forma de escrita, gestos, sinais, entre outros. Sendo necessário que essa forma de comunicação seja compreensível tanto pelo receptor quanto pelo emissor;

– Canal: é pode onde a comunicação ocorre. É através dele que a mensagem vai do emissor até o receptor. Esse meio pode ser a televisão, o celular, uma carta, a comunicação “boca a boca”, entre outros.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

eixo terrestre

A noção de eixo tem mais de uma dúzia de significados. Pode ser a haste que sustenta um corpo enquanto ele gira, passando por...

Conceito de

égide

Égide tem origem na palavra latina “aegĭde” que significa o escudo de Júpiter ou o escudo de Minerva. De acordo...

Conceito de

écloga

Uma palavra grega que pode ser traduzida como escolha, chegou ao latim como “eclŏga” que em português se converteu...

Conceito de

Idade Antiga

Com origem etimológica na palavra latina “aetāte”, idade pode se referir a diferentes questões. Neste caso, vamos...

Conceito de

efusivo

O adjetivo efusivo é usado para qualificar aquilo ou aquele que manifesta ou revela efusão: ímpeto, vigor ou expansão nos...

Conceito de

efluente

A Michaelis, em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, define um efluente como um resíduo (em forma de fluido ou...

Conceito de

efeméride

A palavra grega “ephemerís”, que se refere ao que é próprio de um dia, derivou no latim “ephemerĭde”...

Conceito de

edema

A palavra grega “oidema” chegou ao nosso idioma como edema. O termo é usado no campo da medicina para se referir à...

ARQUIVOS