Conceito.de

Conceito de solvente

Solvente é um adjetivo que faz referência àquele(a) que solve, que não tem dívidas ou que merece crédito. Uma pessoa solvente, por conseguinte, é capaz de cumprir com êxito uma obrigação ou um trabalho. Também é o sujeito que está em condições de responder às suas obrigações económicas.

Por exemplo: “Temos de contratar uma pessoa solvente que nos possa ajudar a resolver os problemas da empresa”, “Preciso de alguém solvente para dirigir o departamento de marketing”, “Vou ter de demostrar que sou solvente para que me seja concedido outro crédito”, “O banco recusou conceder o empréstimo ao Mário pelo facto de ele não ser solvente”.

No âmbito da química, uma substância solvente é aquela que tem a propriedade de dissolver. A mistura homogénea entre um solvente e um soluto chama-se solução.

Ora, nas soluções, o solvente ou dissolvente aparece em maior quantidade e permite que o soluto se dissolva. Por outras palavras, o solvente permite a dispersão do soluto no seu seio. O mais corrente é que o solvente seja a substância que estabelece o estado físico da solução.

Pode-se falar de solventes polares (que, por sua vez, se dividem em polares próticos e polares apróticos) e de solventes apolares, em função da sua composição molecular. A solvatação é o processo através do qual as moléculas do solvente rodeiam as do soluto, possibilitando assim a dissolução. O solvente mais habitual, considerado aliás o solvente universal, é a água.

A concentração da solução, por fim, reflete a relação entre a quantidade de solvente e a quantidade de soluto numa mistura homogénea.

Há ainda os solventes para tinta que são produtos que servem para dissolver produtos como esmalte sintéticos e vernizes que sejam a base de resina alquídica, bem como para realizar a limpeza de equipamentos para pintura como pincéis, por exemplo.

Mas é importante, no entanto, não confundir solvente com diluente.

No caso do solvente, ele é voltado para solver substâncias, sendo utilizado para diferentes tipos de limpezas, o que acontece é que o solvente possui uma propriedade que o az atingir o componente responsável pela formação de cura (filme), fazendo a decomposição do material e resultando, sim ou não, no comprometimento de sua qualidade.

Quando misturado a tinta, o solvente faz com ela fique mais diluída e com uma aplicação mais fácil.

Um solvente deve ser manuseado com muito cuidado, pois se trata de um produto muito inflamável e que evapora muito rápido.

Já o diluente trata-se de um produto que não faz a dissolução de substâncias que formam a cura (filme), mas o objetivo dele é somente diluir o material e tornar ele menos viscoso e, do mesmo modo que o solvente, mais fluído, porém sem alterar suas propriedades.

Mas além do diluente servir para deixar a tinta mais fluída, ele ainda pode ser utilizado para a limpeza de determinados resíduos.

Em suma, os solvente alteram as propriedades e a qualidade do material, enquanto que o diluente não faz isso. É por isso quer há casos em que o solvente também é usado para a limpeza de resíduos, mas não para diluição.