Conceito.de

Conceito de suplício

Do latim supplicĭum, suplício é um tormento ou um sofrimento, seja físico ou moral. Sinónimo de calvário (inclusive em sentido figurado), este termo pode referir-se à lesão corporal ou mesmo à morte infligida como forma de castigo, ou ao lugar onde um réu padece esse castigo.

Exemplos: “O condenado viveu um enorme suplício antes de morrer”, “Foi um suplício ter viajado vinte horas nestas condições”, “Queria tanto este suplício acabasse de uma vez por todas”.

O conceito pode fazer referência a uma tortura ou a um mau momento pelo qual passa uma pessoa por alguma circunstância. Um suplício pode estar relacionado com a dor profunda ou um algo que nos perturba verdadeiramente, daí que a sua significação, na linguagem familiar, é bastante abrangente.

Pode dizer-se que um sujeito que sofre de uma doença complicada está a viver um suplício: “O Miguel está internado há oito meses e não consegue respirar pelos seus próprios meios, pelo que rezamos todas as noites para que acabe o seu suplício”, “Graças a Deus, a operação correu bem, pelo que o suplício chegou ao fim”.

Sofrer uma tragédia também pode ser considerado um suplício: “Vivo um suplício diário desde que um inconsciente atropelou o meu filho”, “Este suplício não irá parar enquanto não aparecer o corpo da minha sobrinha”.

Às vezes, o suplício é apenas uma fase menos boa que se está a atravessar sem que isto chegue a tornar-se verdadeiramente trágico: “Apanhas sempre o primeiro metro da manhã? É daqueles suplícios que eu dispenso…”, “O tempo que se perde neste restaurante só para ser atendido é um verdadeiro suplício!”.