Conceito de telepatia


Set 28, 13

A telepatia é a transmissão de conteúdos psíquicos entre pessoas sem que intervenham agentes físicos conhecidos. O conceito também é usado para se referir à coincidência de pensamentos ou de sensações sem a intervenção dos sentidos, o que leva a crer que existe algum tipo de comunicação de características desconhecidas.

Posto isto, pode-se dizer que a telepatia é a transferência de conteúdos mentais (pensamentos) entre indivíduos sem que seja usado algum dos cinco sentidos. Trata-se, por conseguinte, de uma forma de percepção extra-sensorial.

Há que referir que a existência da telepatia não está comprovada cientificamente apesar de se ter realizado todo o tipo de experiências ao longo da história. O principal argumento sobre a impossibilidade da comunicação telepática é que o cérebro humano não consegue produzir energia suficiente para transmitir informação por si só.

Os científicos, de qualquer forma, deixam a porta aberta para que a telepatia seja uma realidade no futuro, quando se conseguir desenvolver tecnologia que permita interpretar as ondas cerebrais e transformá-las numa mensagem que o receptor possa captar sem fios através de um dispositivo (o que supõe, ainda assim, que não existiria a comunicação directa de cérebro para cérebro).

Porém, esta falta de evidência científica não impede que a telepatia seja um tema frequente em livros, filmes e todo o tipo de obras de ficção. Aliás, ao longo da história, foi atribuído a muitas pessoas a capacidade de comunicarem telepaticamente, embora nunca o tenham conseguido provar de forma irrefutável.