Conceito.de

Conceito de vanglória

Vanglória é a petulância ou a presunção de um indivíduo relativamente às suas acções ou ao valor que se auto-adjudica. O verbo vangloriar alude a este acto de se dar vanglória.

Por exemplo: “Estou farto da vanglória deste artista: poderá ter muito talento, mas falta-lhe humildade”, “Não compreendo a tua vanglória: acabas de cometer um grande erro e, mesmo assim, mostras-te orgulhoso das tuas acções”, “No deves agir por vanglória, mas antes por solidariedade”.

O termo vanglória, por conseguinte, também é uma conjugação do verbo vangloriar: “O diário opositor ainda se vangloria de ter denunciado há três anos o deputado que hoje se encontra imputado numa causa por corrupção”, “O gerente da casa discográfica sempre se vangloria por ter descoberto estes músicos num pequeno bar”, “O chefe da polícia vangloria-se por ter conseguido deter o criminoso mais procurado dos últimos tempos”.

A vanglória, em suma, está associada ao orgulho exagerado ou ao enaltecimento de uma pessoa pelos seus próprios actos ou feitos. Suponhamos que um escritor experiente organiza uma conferência. Perante os assistentes, enumera todos os prémios que obteve ao longo da sua trajectória, dá dados dos livros que vendeu e gaba-se de ter renovado a literatura do seu país graças ao inovador e ao seu atrevimento. O escritor, com esta atitude, aquilo que faz é vangloriar-se das suas conquistas.

Como se pode observar, a vanglória não tem que ver com a veracidade ou falsidade dos feitos expostos, mas com a atitude que evidencia o sujeito.