Conceito.de

Conceito de voodoo

Voodoo é o nome que recebe uma religião que tem as suas origens em África e que se foi desenvolvendo a partir do contacto com o cristianismo dos escravos que eram trasladados para a Europa e para a América. Estas pessoas começaram a combinar as suas crenças com outros elementos e assim se foram forjando as particularidades do Voodoo.

Pelo seu conjunto de rituais e crenças, o Voodoo é definido como animista (confere alma a objectos) e teísta (conta com divindades). Os seus cultores crêem no estado de trance como veículo para comunicarem com estas divindades e nos sacrifícios como oferendas.

É importante ter em conta que, devido ao sincretismo, o movimento que busca conciliar diferentes doutrinas, existem numerosas variantes do Voodoo, tendo-se mesmo desenvolvido religiões derivadas, como a umbanda e a santeria. Num sentido amplo, pode-se dizer que o Voodoo sustenta a existência de uma entidade que rege o universo sobrenatural, mas que não é acessível ao ser humano. Desta forma, os homens comunicam com esse universo mediante outras entidades que se conhecem como loas. Noutros termos, as loas são intermediários entre as pessoas e a principal entidade sobrenatural.

Cada loa é convocada e alabada de um modo diferente com rituais, danças e outras práticas. O Voodoo também contempla a participação de sacerdotes (houngan) que têm a capacidade de contactar as loas para que esses espíritos falem através destes.

Quando o houngan usa o seu poder para exercer o mal, dá-se-lhe o nome de bokor. Há quem acredite que o bokor consegue fazer magia negra, recorrendo a bonecos para fazer mal às pessoas ou convertendo os mortos em zombis.

Por outro lado, existe o chamado Voodoo de Nova Orleães, que também se conhece pelo nome de hoodoo ou conjure, e trata-se de um tipo de magia que usa a porção afro-americana dda população dessa região dos EUA. Formou-se a partir do sincretismo e, por conseguinte, combina práticas da tradição de várias religiões, como é o caso das tradicionais de África e Europa, alguns conceitos e práticas dos livros de magia europeus denominados grimórios, e práticas próprias de certas tribos americanas.

Alguns aspectos do Voodoo são bastante controversos, e isto torna-o numa fonte irresistível de conteúdo para guionistas e narradores de todo o mundo, especialmente para géneros como o terror e o suspense. No entanto, como costuma acontecer quando uma crença ou disciplina é levada para a ficção, muitas das histórias que giram em torno do vudú estão repletas de erros no que diz respeito às bases e às práticas desta religião, o que não a beneficiou em nada.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

base química

Aquilo que atua como suporte, fundamento ou essência de algo é chamado de base. A química, por outro lado, é a ciência...

Conceito de

bater

As primeiras definições de bater mencionadas no dicionário da Real Academia Espanhola (RAE) aludem a fazer um ataque, golpear...

Conceito de

taco

O conceito de taco é usado para nomear um pau com punho e ponta mais grossa que é usada em vários esportes para bater em uma...

Conceito de

base monetária

Para entender com precisão o significado da base monetária, devemos primeiro analisar cada um dos termos que compõem a...

Conceito de

envasamento

O conceito de envasamento é usado no campo da arquitetura com referência ao corpo que, composto do pedestal e da base, está...

Conceito de

basta

O uso mais comum do termo basta vem do verbo bastar, que se refere ao fato de ser suficiente para uma determinada coisa. Basta...

Conceito de

base tributável

Uma palavra grega que chegou ao latim como “basis” derivou, em nossa língua, no conceito de base. Embora tenha...

Conceito de

bastião

O termo italiano “bastione” chegou ao português como bastião. O conceito refere-se a um baluarte: uma...

ARQUIVOS