Conceito de alimento




Mai 10, 13 Conceito de alimento

Alimento é aquilo que os seres vivos comem e bebem para a sua subsistência. O termo deriva do latim alimentum e permite referir-se a cada uma das substâncias sólidas ou líquidas que nutrem os seres humanos, as plantas ou os animais.

O alimento permite a regulação e a manutenção das funções do metabolismo. Sem alimentos, os seres vivos não podem gozar de boa saúde, correndo, aliás, o risco de morrer. Os alimentos, por outro lado, actuam a nível psicológico para dar satisfação. Nestes casos, o alimento não preenche tanto a função nutritiva. Proporciona antes prazer (como é o caso de um hambúrguer ou de um chocolate).

Os nutrientes são as substâncias dos alimentos que são essenciais para a manutenção dos organismos vivos graças às suas acções bioquímicas. Estes nutrientes oferecem energia e permitem metabolizar outras substâncias igualmente vitais. As vitaminas, as proteínas e os hidratos de carbono são exemplos de nutrientes orgânicos, ao passo que a água e os minerais são nutrientes inorgânicos.

A maior parte dos alimentos é de origem animal (carne de vaca, carne de porco, peixes, etc.) e vegetal (frutas, hortaliças). Existem, porém, alimentos de outras fontes, como certos fungos (cogumelos, etc.).

Entende-se por alimentos tabu aqueles que não são considerados aceitáveis para o consumo, seja por motivos culturais ou religiosos. A carne bovina é tabu para os hindus, ao passo que a carne de porco é um alimento tabu para os judeus.

Alimento, em sentido figurado, pode ser qualquer coisa que permita manter a existência de algo: “O carvão é o alimento do fogo”, “Acho que subsisto graças à fé, que é o alimento que me sustenta dia após dia”.