Conceito de antropologia




Out 23, 11 Conceito de antropologia

A antropologia é uma ciência que se dedica ao estudo do ser humano de forma holística. O termo é de origem grega e é a junção de anthropos (“homem” ou “humano”) e de logos (“conhecimento”). A antropologia é uma ciência integradora que estuda o homem no âmbito da sociedade e da cultura a que pertence, combinando perspectivas das ciências naturais, sociais e humanas.

Por outras palavras, esta ciência estuda a origem e o desenvolvimento da variabilidade humana e dos modos de comportamento sociais através do tempo e do espaço.

Em 1749, Georges-Louis Leclerc foi o primeiro especialista a considerar a antropologia como uma disciplina independente. O seu desenvolvimento assentava em duas posturas: enquanto análise da diversidade física da espécie humana (a anatomia comparada) e enquanto resultado do projecto comparativo da descrição da diversidade dos povos.

Em finais da Segunda Guerra Mundial, a maioria das potências já tinham assinalado uma profissionalização da antropologia. De uma forma geral tratava-se de uma etnografia positivista, que visava enriquecer o discurso sobre a identidade nacional.

Hoje em dia, a antropologia pode dividir-se em quatro subdisciplinas principais: a antropologia biológica (ou antropologia física), que estuda a diversidade do corpo humano no passado e no presente; a antropologia social (também chamada antropologia cultural ou etnologia), que analisa o comportamento humano, a cultura e as estruturas de relações sociais; a arqueologia, que versa sobre a humanidade pretérita e dá a conhecer a vida de povos já extintos; e a antropologia linguística (ou linguística antropológica), que se consagra ao estudo das linguagens humanas.