Conceito de crédito




Mar 23, 12 Conceito de crédito

A origem etimológica da palavra crédito remonta ao termo latim credĭtum, que significa “coisa confiada”. Posto isto, a noção de crédito está associada a qualquer relação ou transacção que assenta na confiança.

Um crédito é uma quantia de dinheiro que se deve a uma entidade (por exemplo, um banco) ou a uma pessoa. Ao conceder um crédito de 10.000 euros a um cliente, a instituição bancária está a emprestar esse montante; o cliente, por sua vez, fica na obrigação de restituir o dinheiro ao fim de um determinado prazo, ao qual são acrescidos os juros a que o banco tem direito como forma de lucro.

Por outro lado, o credor (quem concede o crédito) tem o direito de exigir e cobrar o empréstimo. Caso a pessoa não cumpra com a sua obrigação de pagar o crédito, sujeita-se a sofrer consequências legais (ser processada, por exemplo).

Numa acepção diferente, o termo crédito é usado como sinónimo de autoridade, fama ou reputação: “O jogador não deixa de ter crédito pelo erro que cometeu”.

Na área educativa, mais precisamente nas universidades, um crédito é uma unidade de medida, equivalente a X horas lectivas, que expressa o trabalho que o estudante deve efectuar numa determinada unidade curricular (disciplina) para adquirir as competências e alcançar os resultados de aprendizagem definidos pela mesma. Os créditos são só atribuídos se o estudante completar com êxito o trabalho requerido: “Já só me faltam 40 créditos para concluir o curso”.

Por fim, na imprensa, dá-se o nome de crédito à menção obrigatória do nome dos autores/proprietários das fotografias ou de qualquer outro material usado numa publicação. Na prática, se um jornalista, num trabalho de reportagem, incluir uma imagem que não seja nem sua nem adquirida pelos seus próprios meios, terá imperativamente de indicar quem é o autor.