Conceito de reino




Fev 19, 14 Conceito de reino

Do latim regnum, reino é aquele território cujos habitantes estão sujeitos a um rei. Trata-se de um Estado regido por uma monarquia, que é uma forma de governo em que o cargo supremo é unipessoal (uma única pessoa), vitalício e, de um modo geral, hereditário.

Exemplos: “Sua Majestade defendeu o reino com vigor e heroísmo”, “O nosso reino estende-se dos mares do Sul aos Montes da Paz”, “Na Idade Média, o monarca mandou construir mais de vinte fortalezas para defender o reino dos ataques bárbaros”.

Num reino, o poder do monarca pode ser absoluto (o rei não deve prestar contas a ninguém pelas suas decisões nem tem nenhum tipo de limites na hora de mandar/dar ordens) ou limitado (a função do rei é regulada pela Constituição).

Hoje em dia, a maioria dos reinos são regidos por monarquias constitucionais. O rei, nestes casos, cumpre com uma função protocolar, agindo como símbolo da unidade nacional. Às vezes, o rei pode actuar como árbitro face aos diversos partidos políticos.

O conceito de reino também é usado na linguagem coloquial (em sentido figurado) para se referir ao âmbito próprio de uma actividade. Entende-se que o reino de uma pessoa é a área onde pode exercer um certo domínio: “Não há ninguém que se compare com o Messi no reino do futebol”, “A bioquímica é o meu reino: sinto-me completamente à vontade”.

Para a biologia, um reino é uma das grandes subdivisões que permitem distribuir os seres naturais em função das suas características comuns. Deste modo, pode-se falar de reino animal, reino vegetal ou reino mineral.