Conceito.de

Conceito de botulismo

Escutar o artigo

O botulismo se trata de uma condição onde uma toxina potente (neurotoxina) ataca o corpo humano. Essa toxina, que pode ser mortal, é produzida pela bactéria Clostridium botulinum.

O botulismo é uma condição causada por esporos de uma bactéria
botulismo

Essa condição, que é classificada como uma doença bacteriana de elevada gravidade, não é contagiosa e a bactéria que a causa pode ser encontrada e locais como: fezes de humanos ou de animais, em alimentos e também no solo.

Como ocorre a transmissão dessa doença

A bactéria que causa o botulismo gera esporos que são capazes de sobreviver até em ambientes onde o oxigênio seja baixo, como no caso dos alimentos enlatados, por exemplo. E a toxina que é produzida, ainda que seja em quantidades pequenas, ao ser ingerida é capaz de gerar um grave envenenamento dentro de poucas horas.

Também, os esporos da bactéria Clostridium botulinum (ou C. botulinum) são encontrados na natureza, a exemplos dos solos e os sedimentos de mares e de lagos. Em outros casos, se há água não tratada é possível que haja esporos da bactéria ali também, além de produtos agrícolas como legumes e verduras.

Mas a presença dos esporos ainda pode existir nos intestinos de peixes, mamíferos e nas vísceras de crustáceos.

Sobre o modo como a transmissão ocorre, isso se dá após a bactéria adentrar o organismo através dos seguintes modos: quando é ingerido algum alimento contaminado ou por meio de um machucado na pele.

Contudo, existem casos relatados (mais raros) de botulismo acidental, os quais teriam relação com a aplicação terapêutica ou mesmo estética da toxina botulínica ou, ainda, devido a manipulação de material contaminado no laboratório.

Sintomas dessa doença

O botulismo gera sintomas que variam de acordo com o tipo de infecção do paciente, contudo alguns dos sintomas mais comuns são: tontura, náuseas, diarreia, vômito, dor de cabeça, vertigem, visão dupla, a pessoa pode ainda apresentar um quadro de infecção respiratória, prisão de ventre, dificuldade para respirar, visão turva, entre outros.

Tipos de botulismo

Essa condição possui três formas, sendo: botulismo alimentar, por ferimentos ou botulismo intestinal.

Botulismo alimentar

conceito de botulismo
O botulismo pode ser causado pela ingestão de alimentos contaminados

Como o nome já sugere, esse se dá por meio da ingestão de alimentos contaminados, quais teriam sido manipulados e armazenados de modo inadequado.

No botulismo alimentar, alguns dos alimentos que mais acabam sendo contaminados são: carnes cozidas ou defumadas e derivados (como salsichas, presunto, etc., vegetais em conserva (como é o caso do picles e do palmito em conserva), pescados que tenham sido defumados ou salgados, queijos, entre outros.

No caso da contaminação que se dá por meio de alimentos, os primeiros sintomas podem surgir com cerca de duas horas após a contaminação ou até dez dias após isso. Mas quanto maior a quantidade de alimento contaminado ingerido, então menor será o tempo de incubação da bactéria.

Botulismo por ferimentos

Há também a contaminação que ocorre por meio de ferimentos com a bactéria Clostridium botulinum, contudo essa se trata de uma forma de contaminação que é mais rara.

Dentre os casos em que esse tipo de contaminação pode ocorrer se pode citar: quando usuários de drogas compartilham seringas (usadas em drogas injetáveis), quando há algum tipo de ferimento profundo, também no caso de usuários de drogas que usam aparelhos inalatórios para drogas que são consumidas assim e isso gera uma lesão nasal, etc. Esses são alguns dos ferimentos que podem ser contaminados pela bactéria do botulismo.

Nesse tipo, o tempo para que a bactéria incube pode levar entre uma a duas semanas.

Botulismo intestinal

Já no botulismo intestinal, que é também causado por alimentos contaminados, os esporos da bactéria acabam fixando-se no intestino e ali se reproduzem, com a toxina sendo produzida e absorvida ali também.

Se tratando de um indivíduo adulto, essa condição ainda apresenta alguns fatores considerados de risco, que são: no caso de pessoa que fizeram cirurgias intestinais, aquele que fazem uso de antibióticos por um longo tempo (pois isso geraria alterações na flora intestinal), etc.

Diferente dos outros tipos, no botulismo intestinal não é possível saber qual o tempo em que a doença se incubará, uma vez que não é possível saber quando é feita a ingestão dos esporos da bactéria.

Botulismo infantil

E também existe o que é chamado de botulismo infantil, o qual se trata de um botulismo intestinal que costuma acometer as crianças que tenham entre 3 a 26 semanas. E uma das principais coisas que pode gerar esse topo de botulismo é ingerir mel de abelha durante as primeiras semanas de vida.

Dentre os sintomas desse tipo, um dos principais é a obstipação, seguida de fraqueza muscular, pálpebras caídas, baixa potência no choro, eles terão certa dificuldade na hora de sugar o leite da mãe, etc.

Qualquer uma das formas dessa doença pode fazer uma pessoa vir a óbito se não for tratada de forma adequada e imediata. É devido a isso que o botulismo se trata de uma condição que é considerada emergencial.

Citação

SOUSA, Priscila. (21 de Novembro de 2022). Conceito de botulismo. Conceito.de. https://conceito.de/botulismo