Conceito.de

Conceito de dissipar

A etimologia de dissipar nos remete ao vocábulo latino “dissipāre”. É um verbo que alude a conseguir que algo, pela separação ou dissociação de seus componentes, se desvaneça.

Por exemplo: “Após o acidente, a polícia tentou dissipar o congestionamento de veículos”, “Para evitar que a estrutura se deforme, é fundamental dissipar a energia através de algum mecanismo ou procedimento”, “Logo que as nuvens se dissiparam, o jogo começou”.

Dissipar o calor é uma ação que deve ser realizada em diferentes tipos de aparelhos ou máquinas para evitar danos a algumas de suas partes. Para atender a esse objetivo, é comum a instalação de um instrumento conhecido como dissipador, que permite que o calor seja transferido para o ar. Desta forma, a temperatura do elemento que tende a superaquecer é reduzida.

Os computadores possuem dissipadores para proteger elementos como o microprocessador e a placa gráfica. Como esses objetos ficam quentes durante o funcionamento, é necessário dissipar o calor: caso contrário, eles podem falhar e se estragar. Um dissipador de cobre ou alumínio permite que o calor seja extraído da peça a ser resfriada e depois expelido para o ar.

A ideia de dissipar também é utilizada para fazer referência a fazer algo, simbolicamente, deixar de existir ou se dispersar: “Coube ao prefeito dissipar as dúvidas dos jornalistas em uma conferência que durou mais de uma hora”, “Essa derrota não vai dissipar a nossa esperança: ainda estamos confiantes na conquista do título”, “O funcionário renunciou para dissipar as tensões”.