Conceito.de

Conceito de epiglote

O vocábulo grego “epiglottís” (úvula), chegou ao francês tardio como “épiglotte” e depois em nosso idioma como epiglote. Este termo é usado no campo da anatomia para se referir à estrutura cartilaginosa de animais mamíferos que está unida ao setor posterior da língua e permite que a glote seja bloqueada no momento da deglutição.

A glote é a cavidade anterior da laringe, o órgão que comunica a faringe com a traqueia. Quando uma pessoa ingere um alimento e o engole, o alimento que entra pela boca deve chegar ao estômago. O que a epiglote faz é cobrir a glote para que o alimento não entre no sistema respiratório e siga seu curso normal através do sistema digestivo.

A epiglote, portanto, se move de acordo com as necessidades do corpo. Em seu estado de repouso, ela permanece direita para que o ar possa passar para a laringe e os pulmões. Por outro lado, como parte do processo de deglutição, a epiglote dobra e bloqueia a entrada da laringe: isso impede que os alimentos entrem na traqueia e nos pulmões. Depois que o sujeito engoliu, a epiglote retorna à sua posição original.

Existem vários distúrbios que podem afetar a epiglote. A epiglotite é uma inflamação dessa estrutura, que geralmente afeta crianças com menos de 7 anos de idade, embora possa ocorrer em qualquer idade. A epiglotite pode ser causada por uma infecção bacteriana ou lesão: quando a epiglote fica inflamada, o indivíduo sente dor na região da garganta, tem problemas para respirar e engolir e pode ter febre.