Conceito.de

Conceito de ferida

Uma ferida é um corte ou uma lesão em alguma parte de um corpo vivo (“Tenho uma ferida no pé esquerdo que me impede de caminhar normalmente”, “O delinquente faleceu após ter sofrido uma importante ferida no couro cabeludo”).

Por outro lado, chama-se ferida a qualquer golpe, corte ou incisão realizado(a) com uma arma branca (faca, navalha, punhal, etc.) e que causa danos: “O polícia ficou internado, já que apresenta quatro feridas de arma branca no tórax”.

Uma ferida supõe uma perda de continuidade na pele, que é secundária a um traumatismo. Essa agressão ao tecido pode causar um risco de infecção ou a possibilidade de lesões nos tecidos e nos órgãos adjacentes.

Para assistir uma pessoa que apresente uma ferida ligeira, é necessário utilizar luvas cirúrgicas para evitar contágios. A ferida deve ser limpa desde o centro até à periferia com água e sabão ou com soro fisiológico. Os especialistas recomendam não utilizar álcool (produz vasodilatação) nem água oxigenada (destrói os tecidos).

Quando a separação das bordas da ferida é importante, requer-se a assistência de um médico para a sua sutura. Se não for o caso, pode-se aplicar um anti-séptico e deixar ao ar livre para que seque, ou colocar uma ligadura caso continue a sangrar.

Uma ferida também pode ser emocional ou psicológica. Quando alguém sofre uma ofensa, uma desilusão amorosa ou uma aflição, sente-se ferido (magoado). Trata-se de uma situação de tormento para a alma: “As palavras dele deixaram uma ferida em mim”, “O reencontro com a Maria fez-me uma ferida que ainda não consegui sarar”.