Conceito.de

Conceito de gengiva

A gengiva é a carne que protege os dentes e recobre a parte interna das mandíbulas. O termo tem sua origem etimológica na palavra latina “gingīva”.

Composta por tecido conjuntivo denso, a gengiva é recoberta por epitélio escamoso e está ligada ao ligamento periodontal e aos tecidos mucosos da boca. Sua cor é rosa pálido.

A gengiva não só protege os dentes, mas também contribui para sua fixação. Por isso é importante que você seja saudável, pois, de outra forma, pode sofrer perda de dentes.

Para manter as gengivas em bom estado, é necessária uma higiene adequada da cavidade oral. O uso regular de uma escova macia, fio dental e enxaguante bucal ajuda a manter a área limpa e evita a acumulação de placa bacteriana.

A escovagem deficiente (insuficiente ou muito agressiva), por outro lado, favorece a presença de placa e, portanto, o desenvolvimento de diversas doenças. No caso da gengiva, ela pode ser afetada por distúrbios como gengivite e periodontite.

A gengivite é a inflamação das gengivas. Este é um dano que pode ser revertido porque o osso e o tecido conjuntivo não são afetados. Se a gengivite progride, ela pode se transformar em periodontite, onde o osso e o tecido conjuntivo são danificados.

Os sintomas mais comuns de um problema gengival são vermelhidão, sangramento durante a escovação e retração. A pessoa que sofre de doença gengival também pode apresentar sensibilidade na região e mau hálito.