Conceito.de

Conceito de mamíferos

Os mamíferos são animais vertebrados de sangue quente que, na maior parte dos casos, se desenvolvem dentro do corpo materno e em que as fêmeas alimentam as crias com o leite que produzem os seus órgãos mamários.

Embora a maioria dos mamíferos sejam vivíparos (isto é, desenvolvem-se no ventre da fêmea), os ornitorrincos e os equidnas, que nascem de um ovo, constituem uma exceção. Seja como for, a classe dos mamíferos (Mammalia) supõe um táxon monofilético, já que todas as espécies descendem de um antepassado comum.

Os mamíferos compreendem espécies de animais terrestres, aquáticos e também voadores.

Existem mais de 5.410 espécies de mamíferos, o que mostra a grande diversidade deste tipo de animal. O maior mamífero, a baleia-azul, pode chegar a pesar até 160 toneladas; o morcego-nariz-de-porco-de-kitti, por sua vez, é o mamífero mais pequeno, com apenas dois gramas de peso. Os seres humanos (aliás, nós), por outro lado, também são mamíferos.

A variedade dos mamíferos faz com que possam estar presentes em meios tão diversos como o deserto, a selva, as florestas tropicais e os glaciares polares, por exemplo. E isso acontece porque eles têm uma grande capacidade de adaptação. Ajuda nessa capacidade elevada de adaptação o fato de que os mamíferos são animais que costumam viver em sociedade e dedicarem cuidados para os seus filhotes até que eles se tornem independentes.

Muitos mamíferos também foram domesticados pelo homem, tais como cães e gatos, e agora convivem com esses.

Quanto a classificação, os mamíferos possuem diferentes modos de alimentação, sendo assim:

– Há aqueles classificados em carnívoros: que consomem carne, tais como os cães, as onças, os leões e as raposas;

– Os onívoros: que são os que se alimentam do que provém de fonte animal e vegetal, onde temos porcos, ursos, esquilo, lobo-guará, entre outros;

– Herbívoros: esses possuem os molares bem desenvolvidos, mas os caninos podem ser ausente ou mesmo rudimentares. Esses mamíferos alimenta-se de vegetais, conseguindo fazer a digestão de celulose devido as adaptações que possuem. Alguns que são classificados como mamíferos herbívoros são o boi, a zebra, a girafa, o canguru e o hipopótamo.

Existem certas características anatómicas e fisiológicas em comum em todos os mamíferos. Além da produção de leite nas glândulas mamárias, os mamíferos estão cobertos de pelos, têm uma cadeia de ossículos no ouvido médio e um único osso na mandíbula (o dentário).

Por outro lado, o sexo do mamífero é determinado a partir da existência de dois cromossomas no momento em que se forma o zigoto. Esses cromossomas conhecem-se sob a designação de X e Y.

A maioria dos mamíferos possui pelos no corpo e esses pelos ajudam a controlar a temperatura, dificultando que o calor da superfície da pele se dissipe para o ambiente.

Quanto a reprodução, nos mamíferos há sexos separados, ou seja, existe um macho e uma fêmea, sendo a reprodução sexuada. Na maioria dos mamíferos a reprodução acontece em período definido, isso quer dizer que há uma época que favorece a reprodução e o nascimento dos filhotes.