Conceito.de
Conceito de

Opressão

Opressão, sendo um conceito abarcante, existe em variados âmbitos da experiência humana. O termo tem sua origem no latim opressions, que significa impor vontade.

opressão
A opressão é o ato de humilhar e impor medo

No centro de sua definição, a opressão remete à prática sistematizada e injusta de exercer poder coercivo em pessoas ou em grupos sociais, perpetuando desigualdades e mesmo as restrições fundamentais.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • A opressão é um fenômeno comum nos contextos sociais e políticos que perpetua desigualdades, podendo estar ligada a estruturas sociais, políticas e econômicas. Inclui discriminação racial, de classe social, gênero, orientação sexual, entre outras.
  • A opressão pode ocorrer tanto a nível individual, quando uma pessoa é intimidada e sofre violência psicológica, quanto a nível coletivo, com grupos sociais inteiros sendo submetidos a situações constrangedoras que afetam a saúde mental e autoestima.
  • Existem diferentes manifestações de opressão, como a opressão de gênero, economicamente, religiosamente e espiritualmente. A luta contra a opressão passa pela promoção da igualdade e pelo reconhecimento dos direitos de todos, independentemente de sua identidade de gênero, situação econômica, orientação sexual ou convicções religiosas.
  • A opressão tem efeitos danosos na saúde mental das pessoas oprimidas, podendo causar ansiedade, depressão e outros distúrbios. Além disso, a opressão molda a identidade dos grupos oprimidos e é passada de geração para geração, perpetuando a desigualdade e a injustiça.

Contexto social e político

A opressão é um comportamento comum em contextos sociais e também no político. E com isso ele perpetua desigualdades também.

Nesse caso, essa prática teria ligação com estruturas sociais, políticas e até mesmo econômicas. Isso incluiria, por exemplo, a discriminação racial, de classe social, gênero, orientação sexual, etc.

Quando remetendo a injustiça e discriminação, a opressão se dá quando certos grupos passam por momentos de discriminação e são privados de seus direitos básicos, a exemplo do acesso à educação, saúde, emprego e mesmo da participação política.

Um exemplo seria se uma comunidade de pessoas negras e pobres sofresse com discriminação frequente como se naquele local houvessem apenas criminosos devido a sua cor de pele e situação econômica.

Contexto individual e psicológico

A opressão ainda surge no âmbito da psicologia. Nesse caso, ela é classificada como a intimidação e a violência psicológica. Uma pessoa, a fim de obter o que deseja ou apenas por mero prazer/deleito pessoal (o caso de psicopatas) submeteria uma pessoa a momentos de humilhação ou de manipulação.

Mas isso ainda se estenderia para o âmbito coletivo. Nesse caso, várias pessoas de um grupo social, por exemplo, passariam por situações constrangedoras, quais afetariam a sua saúde mental e autoestima.

Tratando especificamente sobre a saúde mental e como a opressão a afeta, as pessoas oprimidas teriam danos em sua saúde mental, dentre as quase há como citar: ansiedade, depressão e outras consequências, como resultado dessa constante exposição quanto a situações opressivas.

Contexto cultural e histórico

Ao longo da história dos seres humanos, a opressão esteve presente em diferentes contextos. no Colonialismo e Imperialismo, por exemplo, há muitos exemplos de momentos assim. Ali há casos de sociedades que foram subjugadas e exploradas pelas potências colonizadoras.

A opressão, nesse caso, se relacionaria com a tirania, onde uma pessoa mais influente ou uma autoridade se aproveitaria dos mais fracos e indefesos para impor medo. E com isso ela conseguiria que suas vontades e ambições sejam realizadas.

E há ainda que citar o impacto da opressão em diferentes culturas. Ela ocorreria devido a tais fatos citados, onde esses moldariam a identidade de diferentes grupos, com isso sendo então transmitido entre gerações.

Não são raros os casos em que uma sociedade se moldaria em virtude de eventos passados de opressão.

Contexto de gênero

conceito de opressão
Uma pessoa oprimida perde a autoestima

A expressão “opressão de gênero”, ainda que não tão comum, é usada para designar a forma de subjugação com base no sexo, com destaque para o machismo, qual se caracteriza como uma expressão preeminente com foco em marginalizar as mulheres.

Essa desigualdade de poder existe em muitas esferas da sociedade. E a mesma limita oportunidades e reforça os estereótipos nocivos. Nesse aspecto, movimentos como o feminismo surgem visando lidar com tal opressão, onde diz-se que esse movimento em particular tenta promover a igualdade e fazer com que os direitos das mulheres sejam reconhecidos.

A luta feminista então foca em desafiar o status quo, assim como construir um mundo em que a equidade de gênero se torne uma realidade enraizada, convertendo as normas culturais e sociais em prol de beneficiar a todos, não importando o gênero.

Contexto econômico

Há ainda a opressão econômica que se mostra na desigualdade de recursos e de oportunidades entre vários estratos sociais. A exploração no trabalho e a limitação do acesso a recursos básicos se tratam de manifestações comuns de tal opressão. Essas desigualdades tornam prolongados os ciclos de desvantagem, afligindo o equilíbrio social e também a justiça.

Mas o combate a essa opressão demanda esforços coletivos para incitar a distribuição mais equitativa dos recursos e oportunidades. E assim se teria uma sociedade mais justa e inclusiva.

Opressão espiritual ou opressão maligna

A opressão espiritual, ainda conhecida como opressão maligna, é quando o demônio atua no corpo de uma pessoa. E como resultado, essa pessoa é dominada pelo mal. É comum ainda chamar esse fato de possessão maligna.

O demônio age na vida da pessoa sendo uma opressão espiritual, em que essa pessoa passa a sofrer, desenvolve distúrbios emocionais que não tinha ou mesmo comportamentos incógnitos.

É comum que a opressão espiritual se desenvolva quando uma pessoa começa a ficar com mania de perseguição. Essa pessoa pensaria que está sendo vigiado a todo momento, sentindo como se alguém a estivesse apertando ou sente ainda um aperto no seu peito, por exemplo. Se trata de um caso bastante delicado e que exige a intervenção profissional.

Opressão devido a intolerância religiosa

Há ainda a chamada opressão religiosa, essa caracterizada pelo desrespeito e discriminação de alguma religião. É comum ainda que grupos religiosos sejam perseguidos devido as suas crenças.

Citação

SOUSA, Priscila. (10 de Janeiro de 2024). Opressão - O que é, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/opressao