Conceito.de

Conceito de racismo

O racismo é um sentimento ou um comportamento que consiste na exacerbação do sentido racial de um grupo étnico. Esta situação costuma dar-se em menosprezo de outro grupo e constitui uma forma de discriminação.

O racismo pode considerar-se como uma doutrina antropológica ou política que inclui a perseguição aos grupos étnicos considerados inferiores. É o que aconteceu com a Alemanha nazi ou com o Ku Klux Klan nos Estados Unidos.

O extermínio dos grupos atacados ou a anulação ou diminuição dos direitos humanos dos sujeitos discriminados fazem parte dos objetivos e das consequências do racismo. Durante muitos anos, na África do Sul, a maioria negra esteve submetida à minoria branca. O racismo manifestava-se em todas as áreas da vida quotidiana. Este fenómeno de segregação racial, conhecido como apartheid, incluía lugares especiais para os negros nos autocarros, nos hospitais e nos parques públicos.

Os racistas, muitas das vezes, baseavam-se em teorias pseudocientíficas ou na manipulação de dados estadísticos. É frequente, por exemplo, ser argumentada a superioridade da raça branca ao serem analisados os resultados académicos, mas não é mencionado que as crianças negras tendem a sofrer problemas sociais que as impedem de alcançar a sua plenitude. Uma criança que esteja subnutrida, que não tenha acesso aos serviços sanitários e que viva em condições precárias, muito dificilmente poderia ter rendimento na escola, independentemente da sua raça.

O racismo é uma teoria que estabelece que há uma hierarquia entre as raças, desse modo, há uma raça que é vista e definida como pura e que é superior a outra raça que se considera como uma raça inferior a essa. Um grupo pode excluir um participante de um determinado meio porque ele é negro ou porque ele é mulçumano, por exemplo.

Do mesmo modo que uma pessoa que despreza a outra porque ela é negra trata-se de alguém racista, uma pessoa negra que despreza a outra por ela ser branca também é alguém racista, ou seja, o racismo diz respeito ao preconceito devido a raça.

Infelizmente, o racismo não é praticado somente pelos adultos, mas muitas crianças, ainda de inconscientemente, praticam racismo, na maioria das vezes influenciadas pelos atos de seus pais.

Crianças podem fazer bullying ou mesmo se afastarem de crianças negras na escola, por exemplo, apesar de crianças brancas também sofrerem racismo assim, com crianças negras subjugando uma criança branca, ainda mais se os pais também costumam praticar esse tipo de ato, com os filhos aprendendo o que veem.

É por isso que os pais e professores precisam orientar as crianças para que convivam harmoniosamente, sem preconceitos, sem julgamentos umas com as outras. É desse modo que criam-se cidadãos melhores.

Importa ainda referir que o racismo pode estar associado a outras manifestações de ódio, como a xenofobia (a hostilidade para com os estrangeiros), o anti-semitismo (a perseguição contra os judeus) ou a homofobia (o ataque aos homossexuais).

O tema “racismo” gera muitos debates em sala de aula, locais de trabalho e em outros ambientes, bem como, gera também ações, projetos e outros tipos de manifestações em prol dos direitos do público que sofre o racismo.