Conceito.de

Conceito de parcial

Do latim partiālis, parcial é aquilo que pertence ou que é relativo a uma parte de um todo. O que é parcial, por conseguinte, não é total nem integral. Exemplos: “Não deves ter uma visão parcial da realidade se quiseres governar esta cidade”, “Os bombeiros informaram que os danos pelo incêndio foram parciais e que não afectaram o edifício por inteiro”, “A minha aceitação foi parcial: disse que me interessava o cargo, mas não discutimos os termos económicos”.

O adjectivo parcial, por conseguinte, pode referir-se àquilo que não é completo. Um eclipse parcial, neste sentido, não implica que um astro se oculte totalmente, mas apenas parte dele.

O que é parcial não se refere unicamente ao físico, pois também se pode associar ao que é temporal. Se um repórter desportivo comentar que “Juan Ramírez Ochava conseguiu o empate parcial aos vinte minutos da segunda parte”, está a indicar que esse jogador marcou um golo que estabeleceu a paridade no resultado embora não seja um resultado definitivo, uma vez que ainda faltavam vinte e cinco minutos para terminar o jogo.

Parcial, por outro lado, é aquele ou aquilo que inclui ou denota parcialidade (falta de neutralidade e de objectividade). Diz-se que é parcial quem toma partido: “Vamos denunciá-lo porque é um juiz parcial e não pode estar ao serviço da justiça”, “O Ramiro pediu-me conselho porque me considera uma pessoa imparcial neste assunto”.

A avaliação ou o exame de parte de uma cadeira/disciplina que deve fazer um aluno também recebe o nome de parcial: “Não, esta noite, não posso sair porque vou ter, amanhã, avaliação parcial de filosofia”, “A Mariana tirou um oito no exame parcial de Psicologia Social”.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (6 de Fevereiro de 2014). Conceito de parcial. Conceito.de. https://conceito.de/parcial