Conceito.de

Conceito de polígono de frequência

Um polígono de frequência é um gráfico que se realiza através da união dos pontos mais altos das colunas num histograma de frequência (que utiliza colunas verticais para mostrar as frequências).

Os polígonos de frequência para dados agrupados, por sua vez, constroem-se a partir da marca de classe que coincide com o ponto médio de cada coluna do histograma. Quando são representadas as frequências acumuladas de uma tabela de dados agrupados, obtém-se um histograma de frequências acumuladas, que permite dispor em diagrama o seu polígono correspondente.

A estatística tem como principal propósito coletar dados e organizá-los a fim de originar informações. E um dos pilares dessa organização parte da exposição deles num formato que seja de fácil interpretação.

Você pode organizar os dados na forma de tabelas ou também pode apresentá-los de forma de desenhos como histogramas ou polígonos de frequência, por exemplo. A vantagem desses últimos é que os dados apresentados dessa forma são mais fáceis de serem compreendidos.

Em outras palavras, quando temos um conjunto de dados compreendendo um volume de dados grande, é recomendado que eles sejam alocados numa tabela de distribuição de frequências. E aqui pode-se fazer o uso do polígono de frequência para representar os dados dessa tabela, sendo esse um dos métodos para representar a distribuição das frequências.

Por exemplo: um polígono de frequência permite refletir a média das temperaturas máximas de um país num determinado período de tempo. No eixo X (horizontal), pode-se assinalar os meses do ano (Janeiro, Fevereiro, Março, Abril, etc.). No eixo Y (vertical), indica-se a média das temperaturas máximas de cada mês (24º, 25º, 21º…). O polígono de frequência é criado ao unir, com um segmento, a média de todas as temperaturas máximas.

A apresentação de dados na forma de gráficos possui enorme relevância. E os polígonos de frequência tratam-se de um método de apresentação que mostra as tendências seguidas por um conjunto de dados e sobre a forma de tais dados.

Na hora de construir um polígono de frequência, se por acaso na parte inferior o limite de intervalo for de 02 e o limite superior de intervalo for de 14, então esse polígono de frequência deverá ser encerrado em 01 e 13.

Toda a área abaixo de um polígonos de frequência deve ser igual a área que está abaixo das barras. Outro ponto importante a mencionar é que os polígonos devem ser fechados nas duas extremidades, já que a área sob a curva é a que representa todos os dados.

Geralmente, os polígonos de frequência são usados quando se pretende mostrar mais de uma distribuição ou a classificação cruzada de uma variável quantitativa contínua com uma qualitativa ou quantitativa discreta num mesmo gráfico.

O ponto que tiver mais altura num polígono de frequência representa a maior frequência, ao passo que a área abaixo da curva inclui a totalidade dos dados existentes. Convém lembrar que a frequência é a repetição menor ou maior de uma ocorrência, ou a quantidade de vezes que um processo periódico se repete por unidade de tempo.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

categoria

A palavra grega “kategoría” chegou ao latim como “categorĭa” e, através do francês, derivou no termo...

Conceito de

luneta

Uma luneta é uma ferramenta óptica portátil que pode ser expandida de acordo com a necessidade do usuário. É um tipo de...

Conceito de

catarata

O conceito de catarata, que deriva da palavra latina “cataracta” (por sua vez derivada do grego...

Conceito de

catabolismo

O termo grego “katabolé”, traduzível como “ação de atirar de cima para baixo” chegou ao português...

Conceito de

catálogo

A palavra grega ” katálogos”, que pode ser traduzida como “lista”, chegou ao latim como...

Conceito de

cataclismo

A origem etimológica de cataclismo encontra-se na palavra grega “kataklysmós”, que pode ser traduzida como...

Conceito de

casuística

A ideia de casuística é usada no campo da ética aplicada para se referir a uma análise de diferentes casos específicos que...

Conceito de

castor

Um castor é um animal mamífero que pertence à ordem dos roedores: aquelas espécies que possuem dentes afiados que usam para...

ARQUIVOS