Conceito.de

Conceito de presunçoso

Escutar o artigo

O vocábulo latino praesumptuosus chegou à nossa língua como presunçoso, um adjetivo relacionado com a noção de presunção. Uma presunção, por outro lado, pode ser a conjectura que se realiza a partir de um sinal ou da glorificação que uma pessoa faz de si mesma.

presunçoso
A presunção é a qualidade de quem é presunçoso, de quem se enaltece demasiado

Um individuo presunçoso, por conseguinte, é aquele que se valoriza de forma desmedida as suas qualidades ou propriedades, mostrando-se altivo e convencido. Exemplos: “O tom de voz presunçoso com o qual se dirigiu aos presentes foi mal recebido”, “Não quero parecer presunçoso, mas acho que fizemos um excelente trabalho”, “O meu sobrinho é bastante presunçoso: passeia sempre com o seu carro de luxo e com a música nas alturas, dando nas vistas”.

Caraterísticas do presunçoso

A noção de presunçoso pode relacionar-se com algo que se pretende mostrar mais importante daquilo que é. Se um indivíduo adquirir uma casa padrão, mas garante que ter comprado uma mansão, alguém poderia notar que é presunçoso qualificar dessa forma uma habitação com as características em questão.

Num sentido semelhante, se um jovem que joga futebol com os seus amigos num parque se autodefine de futebolista, pode ser acusado de presunçoso por se equiparar àqueles que praticam este desporto de forma profissional (versus amadora).

O oposto a alguém presunçoso é a pessoa que é humilde ou discreta. Isto significa que um indivíduo que é milionário, mas que age sem alaridos no que toca ao seu dinheiro nem se mostra rodeado de luxo, não pode ser definido como presunçoso, podendo aliás ser considerado discreto ou modesto por não ostentar aquilo que tem.

As relações interpessoais são um dos aspectos mais necessários da nossa vida, mas também um dos mais difíceis de levar a cabo e manter. Inclusive para aqueles que desenvolvem um carácter amigável e despreocupado, que agradam a todos com o seu carisma, fazer amizades ou tratar com os nossos conhecidos pode constituir um autêntico desafio. Às vezes, sem realmente querê-lo, podemos ser catalogados de presunçosos relativamente a outras pessoas simplesmente por não nos sabermos expressar de forma adequada, ou então porque a nossa mensagem não foi compreendida corretamente.

Uma das razoes pelas quais nos custa tanto fundar relações é a dificuldade que muitos apresentam para receber e aceitar as diferenças com abertura. Hoje em dia, existem muitos movimentos que apoiam a diversidade para lutar contra todo o tipo de discriminação, mas nunca parece ser suficiente; apesar de entender que nas diferenças reside a riqueza, as barreiras que nos impõem desde a nossa infância costumam entorpecer-nos a aproximação a outras culturas ou, uma distância muito menor, a outros costumes e ideias.

Ser presunçoso pode confundir-se com mostrar orgulhosamente os próprios méritos simplesmente para os partilhar com o nosso meio; por exemplo, se superarmos com êxito um exame muito difícil ou conseguirmos um posto de trabalho que andávamos à procura há muito tempo, o modo segundo o qual contamos isto aos nossos amigos e conhecidos pode ser mal interpretado como um ato de soberba ou de ostentação, ainda que a nossa intenção seja absolutamente oposta.

Pessoa presunçosa

A pessoa presunçosa é aquela que apresenta um orgulho de si mesmo de forma exagerada, para essa pessoa tudo o que ela faz é algo grandioso, desse modo, falta humildade nela.

Uma pessoa presunçosa se acha a melhor de todas e, ainda, que o mundo pararia por ela.

Posto isso, é comum que a presunção (qualidade de quem é presunçoso) seja até mesmo entendida como sinônimo de vaidade. Mas, analisando, a presunção pode ser vista como um estado além da vaidade.

A vaidade é quando a pessoa tem o desejo de enaltecer as próprias qualidades, enquanto a presunção é quando a pessoa exagera nisso.

Uma pessoa presunçosa, por tanto é aquela que se acha a mais bonita e a mais inteligente, mesmo não dispondo de características que assim a classifiquem.

O indivíduo que assim é classificado ainda é conhecido por querer impor as suas ideias porque ele tem em seu interior a necessidade de se sentir alguém importante. É comum ainda que esse tipo de pessoa desenvolva técnicas a fim de conseguir fazer as pessoas aceitarem suas verdades, sendo alguém com capacidade de persuasão elevada.

Mais uma característica das pessoas presunçosas é que elas não se importam com o mal que suas falas e atitudes possam causar nas outras pessoas. Outras características são: essas pessoas não costumam elogiar as outras, apenas a si mesmas, enaltecendo seus feitos. Para esse indivíduo o mundo gira ao seu redor.

Presunção e autoconfiança

conceito de presunçoso
Quem é presunçoso se coloca no centro de tudo

É importante distinguir a autoconfiança da presunção. Uma pessoa que possui confiança em si mesma (autoconfiança) é aquela que sabe medir suas capacidades, tendo plena consciência daquilo em que acredita e vive.

Já a presunção seria acreditar que se pode tudo e se é tudo, enquanto a outra pessoa não é nada (comparada a si) e não pode nada. Para essa pessoa os demais não somam em nada em sua vida e seu estado e condição não são relevantes, já que essa pessoa seria também autossuficiente.

Oração presunçosa

Na religião, há na bíblia sagrada um trecho onde Jesus menciona que a oração não deve ser presunçosa.

Por oração presunçosa entende-se a oração onde quem a faz confiança na justiça própria, desprezando as demais pessoas. E uma história que serve para ilustrar foi a do fariseu e do cobrador de impostos. O fariseu foi presunçoso na sua oração, tendo citado como ela não era pecador como os demais homens, que eram ladrões e desonestos.

Presunção e desconformidade

O termo presunçoso também costuma ser usado na hora de manifestar desconformidade relativamente a um serviço, como pode ser a atenção num restaurante ou hotel, por exemplo. Quando uma empresa tenta dar uma imagem de seriedade e aponta a um público exclusivo, ressalvando a qualidade das suas instalações ou dos produtos e serviços que oferecem aos seus clientes, expõem-se a um grau de escrutínio especialmente alto; se as suas promessas não forem cumpridas, pois pelo contrário, os consumidores se sentirem defraudados, é provável que os acusem de serem presunçoso e de terem exagerado no momento de descreverem as suas prestações.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (23 de Junho de 2015). Conceito de presunçoso. Conceito.de. https://conceito.de/presuncoso