Conceito.de

Conceito de regra do octeto

Regra é um conceito que admite diferentes significados. Neste caso interessa-nos destacar a sua acepção enquanto preceito ou norma. Octeto, por sua vez, é algo que é formado por oito componentes.

A regra de octeto ou regra do octeto é um postulado que se aplica no contexto da química. Trata-se da tendência que evidenciam os átomos de completar o seu nível energético com oito electrões para alcançar estabilidade.

O cientista norte-americano Gilbert Newton Lewis foi quem, em 1917, postulou a regra de octeto. Lewis assinalou que, ao combinarem-se entre eles, os átomos tentam alcançar a configuração estrutural que tem o gás nobre situado mais perto na tabela periódica dos elementos.

Ao observar esta tabela, pode-se observar que os gases nobres dispõem de oito electrões na sua última camada. A dedução levou Lewis a afirmar que esta configuração é a de maior estabilidade para qualquer tipo de átomo.

A regra de octeto, resumindo, indica que dois átomos iguais, ao enlaçarem-se, desenvolvem uma organização específica para que, ao constituir-se o enlace pela partilha dos pares de electrões, cada átomo adquira a estrutura de um gás nobre. Deste modo, ambos os átomos estejam rodeados de oito electrões na sua última camada última energética.

Como em qualquer regra, a regra do octeto também tem excepções. O oxigénio, o nitrogénio e o carbono são compostos que não cumprem com a dita regra, uma vez que se organizam de maneira diferente. Desta forma, ao formar-se os enlaces, não se regista a tendência da regra de octeto.