Conceito.de

Conceito de relações industriais

As relações industriais dizem respeito ao vínculo que se estabelece entre a parte administrativa de uma empresa e os trabalhadores. Muitas das vezes, a relação é iniciada entre os diretores e o sindicato (em representação dos trabalhadores).

Trata-se de um conjunto de normas, procedimentos e de recomendações que são desenvolvidos com o objetivo de alcançar a eficiência em termos de desempenho e de cumprir os objetivos da empresa.

As relações industriais enquanto disciplina surgem da crença de que a principal vantagem competitiva de uma empresa são as pessoas que trabalham na mesma. Posto isto, para que os negócios da empresa sejam bem-sucedidos, é imprescindível que os respectivos diretores e empregados trabalhem em harmonia em busca dos objetivos empresariais.

Os responsáveis dos recursos humanos devem selecionar, integrar e formar a força laboral de forma adequada para que esta possa desabrochar plenamente quer a nível pessoal, quer a nível profissional. Deste modo, a empresa poderá contar com empregados motivados que impulsarão as suas ações.

Há de um lado os trabalhadores, que esperam terem melhores condições de trabalho, uma melhor remuneração, mais benefícios, etc. E do outro lado estão os empresários que desejam colaboradores que os ajudem a terem melhores resultados com seu negócio, reduzindo custos e oferecendo produtos e serviços diferenciados.

Cabe aqui também dizer que as relações industriais podem tomar raízes nas tradições ou nos costumes ou mesmo servirem como meio para a introdução de regras formais.

Convém salientar que os atores que intervêm nas relações industriais são os executantes das regras que governam a convivência entre eles. Este é um processo ativo, ao longo do qual são criadas regras ou são adaptadas as já existentes conforme o contexto. Posto isto, a tarefa das relações industriais consiste em administrar e interpretar os processos produtivos, sendo que essas regras funcionam como guia.

Há regras que são gerais (originam-se no governo, por exemplo, aquelas que estipulam o salario mínimo) e outras que são particulares (dependem do grau de institucionalização do sector e da empresa).

O termo “relações industriais” fora usado para se referir aos “Recursos Humanos” logo quando foi criado, devido ao impacto causado pela Revolução Industrial nas relações de empregador e empregado, sendo o termo mais usado “Departamento de Relações Industriais”. Mas no Brasil é também usado o termo “Recursos Humanos” ou “RH” (em sua abreviação) para um similar conceito.

Depois da Revolução Industrial, se teve um período (a era da industrialização clássica) em que as empresas começaram a usar a chamada “estrutura organizacional”, essa tinha foco na departamentalização funcional (departamentalização é o agrupamento de atividades distintas em unidades que sejam especializadas numa empresa) e também focava na centralização das decisões de uma organização no topo da hierarquia (chefes passando a tomar decisões), estabelecendo-se regulamentos internos a fim de padronizar o que os colaboradores deveriam ou não fazer.

E com tudo isso descrito acima, surge, então, o “Departamento de Relações Industriais”. Esse departamento tinha como objetivo regulamentar e organizar as exigências legais que dizem respeito aos funcionários de uma organização, tais como: demissões, admissões, entre outros. Com isso, as atividades operacionais e burocráticas eram restringidas.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS