Conceito.de

Conceito de relevo montanhoso

As regiões com relevo montanhoso, por conseguinte, são compostas por elevações naturais de altura considerável. Podem ser constituídas cordilheiras, serras, vulcões ou outros tipos de elevações.

Para além destas zonas importantes dentro do relevo montanhoso do planeta, também se encontram outras igualmente significativas, como é o caso dos Alpes, que estão na Europa Central e que têm como cume mais alto o MontBlanc (4810 metros), e os Pirenéus, que se encontram a Norte da Península Ibérica.

O relevo montanhoso pode aproveitar-se para o desenvolvimento de certas actividades económicas, mas também supõe um limite ou uma barreira para outras. Se as montanhas têm grande altura e recebem nevadas com frequência, é possível que o relevo montanhoso permita criar estações de esqui e aproveitar as montanhas para fomentar o turismo invernal.

Numa zona de relevo montanhoso, de qualquer forma, o desenvolvimento de infra-estruturas é complexo. Em geral não se trata de zonas onde existem grandes aglomerações urbanas, uma vez que a construção num relevo montanhoso é complicada. Por outro lado, nos picos das montanhas mais altas, as condições climáticas costumam ser extremas.

A comuna francesa de Chamonix Mont Blanc é um exemplo de região com relevo montanhoso. Esta localidade encontra-se junto do Mont Blanc, uma montanha cuja altura supera os 4800 metros acima do nível do mar.