Conceito de SMS


Set 25, 14

SMS é uma sigla que pode fazer referência a diferentes conceitos. O seu uso mais habitual, de qualquer modo, está associado à noção inglesa de Short Message Service (que se pode traduzir por “Serviço de Mensagens Curtas”).

SMS, por conseguinte, é o serviço de telecomunicações de rede móvel (ou celular no Brasil) que permita enviar e receber mensagens de texto de extensão reduzida. Também se conhece pelo nom de SMS essas mensagens propriamente ditas.

Desenvolvida em meados da década de 1980, a SMS original permitia criar mensagens de até 140/160 caracteres de sete bits. Ao longo do tempo, o serviço começou a incluir outras opções, como a possibilidade de acrescentar conteúdos mais além do texto ou de juntar diferentes mensagens para ampliar a extensão.

O processamento dos SMS produz-se no chamado Short Message Service Center (SMSC). Para que esse processamento seja possível, cada mensagem inclui dados como o número telefónico do destinatário e do remetente, a data em que foi realizado o envio, etc.

Tendo em conta a prontidão/rapidez do contacto e por ser mais económica do que estabelecer comunicação de voz (chamadas) através do telefone, a SMS massificou-se em todo o mundo e incluiu nomeadamente mudanças sociais.

A limitação do espaço para escrever, por exemplo, fez surgir uma nova linguagem com base em abreviaturas. Se uma pessoa escrever a outra “Ke se passa? Pq ñ vens?”, estará a querer dizer: “O que se passa? Por que não vens?”. Para transmitir emoções, por outro lado, é frequente o uso dos chamados emoticones.

A popularidade dos SMS e dos telemóveis, além do mais, incentivou o desenvolvimento de uma nova forma de publicidade: as empresas enviam as suas promoções e ofertas através de um SMS.