Conceito.de

Conceito de teflon

Escutar o artigo

Teflon é o nome de uma marca registada. Hoje em dia, o conceito é usado relativamente ao material que apresenta uma grande resistência ao calor, é isolador e que não corrói facilmente.

teflon
O uso do teflon é comum em panelas e frigideiras, lhes conferindo propriedade antiaderente

O teflon costuma ser usado para fabricar sertãs, tachos, caçarolas, marmitas e formas para bolos e tartes entre outros elementos utilizados na cozinha. Nestes casos, valorizam-se as propriedades antiaderentes do material (ao impedirem que os alimentos fiquem agarrados à superfície enquanto se cozinha) e o facto de ser fácil de limpar.

Exemplos: “Aconselho-te a fazer a tua omelete num sertã de teflon para que os ingredientes não fiquem agarrados ao utensílio”, “Eu gostaria muito de ter tachos de teflon na minha cozinha, mas são bastante dispendiosos”, “Para preparar esta receita, precisas apenas de saltear as verduras num tacho de teflon e depois adicionar o caldo”.

Dada a sua resistência térmica (ao calor), o teflon também é usado para revestir cabos, pegas, mangueiras, condutas e nomeadamente aeronaves. O material, por outro lado, pode ser usado em odontologia e medicina em geral na confecção de próteses.

Mais concretamente, o teflon é o material cujo nome científico é politetrafluoroetileno. Trata-se de um polímero que dispõe de átomos de flúor, sendo esta uma particularidade que minimiza as reações com outras substâncias. Flexível, o teflon atua como isolante eléctrico.

A descoberta desse material

O químico norte-americano Roy Plunkett foi o criador do teflon em 1938. Plunkett fez esta descoberta no âmbito do seu trabalho para a DuPont, razão pela qual a Teflon é uma marca registada desta empresa.

A criação desse material foi algo por acaso, pois o químico na realidade estava tentando criar um novo gás com propriedades refrigerantes com o objetivo de que esse fosse o substituto do CFC (clorofluorcarbono).

Roy Plunkett, quando estava em laboratório com seu assistente a tentar criar esse gás substituto, ele então pediu para que o assistente trouxesse um cilindro onde havia C2F4 (tetrafluoroetileno) e nota que existia alguma coisa bloqueando o gás de sair desse cilindro, tendo em seguida aberto o recipiente e o virado de cabeça para baixo, saindo dali um pó que era branco, que seria politetrafluoretileno (PTFE), algo mais tarde batizado de teflon.

O PTFE é um composto químico com diversas aplicações, tais como: uso na fabricação de peças de aviões, carros, para próteses dentárias, lâmpadas, lentes de contato, embalagens de pipoca para micro-ondas, etc.

O uso do material na fabricação do utensílio de cozinha

conceito de teflon
O teflon nas panelas possibilita que o alimento não grude

Foi no ano de 1950 que se passou a usar esse material nos utensílios para cozinha.

Para a aplicação do teflon ao alumínio o que se fez foi aplicar ácido clorídrico na área onde se queria inserir esse material, então isso fazia surgir fissuras pequenas que agregavam porosidade, depois fazia-se a aplicação do teflon e levava-se a o utensílio para aquecer a cerca de 400°C por alguns minutos. Com isso o teflon aderia ao alumínio de maneira uniforme, proporcionando para ele propriedades antiaderentes.

As panelas então que possuem esse revestimento conseguem evitar que os alimentos grudem no fundo do utensilio, ainda reduzindo a quantidade de gordura (óleo, manteiga, etc.) que se necessitaria. Outra vantagem desse produto em relação ao demais é a facilidade para a limpeza devido a que a comida que fica ali é fácil de se soltar.

Mais características do teflon

O teflon consegue suportar temperaturas de até 500°C (quinhentos graus centígrados). E outra característica do mesmo é que ele é insolúvel em solventes e também possui resistência contra os ácidos que são corrosivos.

Apesar de todas as suas características benéficas, alguns especialistas alertam para alguns perigos que esse material possa representar devido ao ácido perfluorooctanoico ou PFOA, o principal componente do Teflon. Inclusive, existem processos contra a marca registrada desse produto e documentários mencionando sobre o perigo de usar produtos que possuam esse revestimento.

Esse material é estável quando é aquecido a uma temperatura menor do que 260 graus, mas acima disso ele poderia liberar vários gases tóxicos que causariam danos, especialmente para aves, que acabam sendo mais suscetíveis a toxicidade do teflon.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (31 de Agosto de 2016). Conceito de teflon. Conceito.de. https://conceito.de/teflon