Conceito.de

Conceito de transmutação

Transmutação é o ato e a consequência de transmutar (transformar uma coisa em algo diferente). É importante esclarecer que o termo que nos importa tem a sua origem no latim, mais concretamente, deriva do verbo “transmutare”, que se pode traduzir como “transformar” ou “mover” e que é composto por duas partes bastante bem diferenciadas:

-O prefixo “trans-”, que significa “de um lado para o outro”.
-O verbo “mutare”, que é equivalente a “mudar”.

O termo é usado relativamente à transformação de um elemento químico, que passa a converter-se noutro. O fenômeno pode ocorrer de modo natural nos casos nos quais um elemento químico tem um núcleo que carece de estabilidade. Estes elementos originam uma fusão nuclear e emitem radiações enquanto perdem ou ganham peso atômico até que o núcleo alcança a estabilidade.

A transmutação também se pode realizar se a partir da ação humana: isto é, de modo artificial. Logo nas primeiras décadas do século XX, cientistas conseguiram transmutar elementos químicos através de bombardeios com partículas alfa para um átomo de nitrogênio. Nesse caso temos o que é conhecido como “transmutação nuclear”. A primeira transmutação desse tipo ocorreu no ano de 1914 quando o físico Ernest Rutherford identificou que quando o nitrogênio 14 era posto a presença de um emissor de partículas a, então ela era transformado em oxigênio 17.

A transmutação tem sido um elemento presente em diversas histórias, sendo filmes, séries e até mesmo desenhos. Sempre prezando pela ideia da transformação de um elemento químico em outro elemento químico.

A ideia de transmutação estava bastante presente nos alquimistas da Antiguidade, que assentaram as bases para o desenvolvimento da química moderna. Os alquimistas eram da opinião de que era possível obter a transmutação de diversos metais em ouro, baseando-se no facto de a densidade do ouro e da densidade do chumbo serem semelhantes. No contexto da alquimia, deste modo, dizia-se que uma substância conhecida como pedra filosofal tinha a propriedade de transmutar os metais em ouro ou em prata.

Precisamente na saga literária, e igualmente cinematográfica, criada pela escritora britânica J.K.Rowling sobre o jovem mago Harry Potter temos de referir que esses ditos elementos desempenham um papel fundamental. Desta forma, o primeiro volume é chamado “Harry Potter e a pedra filosofal” e tanto nesta como nos restantes romances é-nos apresentada uma personagem chamada Nicolas Flamel que procura encontrar a tal pedra.

Esse último alquimista é um personagem real da Idade Média que, de acordo com numerosas legendas, foi capaz de alcançar o dito objectivo. Em concreto, são muitas as teorias e opiniões que estabelecem que conseguiu, sim, descobrir juntamente com a sua esposa a pedra que era capaz de transformar qualquer metal em ouro e que também era considerada o da Vida Eterna.
No plano espiritual também pode aparecer a noção de transmutação. Certas religiões e crenças falam de transmutação para se referirem à mudança interna que experiência uma pessoa quando se afasta de elementos nocivos (desde ações a pensamentos) e se aproxima de Deus.

Da mesma forma, não nos podemos esquecer que ainda existe aquilo que se conhece pelo nome de transmutação sexual, que é um conjunto de procedimentos que podem levar a cabo os indivíduos e que se consideram que vão conseguir obter energia espiritual a partir da sua própria energia sexual.

Temos também o que se conhece por “transmutação mental” que faz parte da filosofia hermética. Essa transmutação trata da alquimia mental, o que até hoje é tido como algo um tanto quanto controverso, pois as pessoas consideram que a alquimia está relacionamento somente a elementos e não a pensamentos ou emoções, por exemplo.

A filosofia hermética, entre os elementos que são do seu estudo, compreende o estudo da transmutação mental. E essa transmutação, mesmo que esteja bastante associada a transformação de metais inferiores a ouro, possui relação também as mudanças de condições da mente e também mudanças de estados.

Os egípcios acreditavam que a mente humana também poderia ser transmutada, do mesmo modo que os metais. E, de acordo com eles, essa transmutação ocorreria de estado em estado na mente ou de condição em condição o de vibração em vibração, por exemplo. Seguindo essa ideia, então a transmutação hermética trata-se de uma arte da mente. Muitos acreditam e dizem, nesse sentido, que para que haja essa transmutação mental, é importante que as pessoas identifiquem o que faz com que elas se sintam bem e o que faz com que elas se sintam mal.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

congênito

O termo congênito, derivado da palavra latina “congenĭtu” (nascido com) usa-se para qualificar o que nasce com...

Conceito de

confronto

Confronto advém do verbo confrontar e confrontar deriva de “confrontāre” do latim medieval com o mesmo significado....

Conceito de

conformação

Conformação é um termo que vem da palavra latina “conformatiōne”. A noção refere-se ao arranjo e organização...

Conceito de

confluência

Originário da palavra latina “confluentĭa”, o termo confluência é um conceito que se refere ao ato de confluir:...

Conceito de

confabulação

Se analisarmos a etimologia da confabulação, chegaremos a “confabulatiōne”, uma palavra da língua latina....

Conceito de

condutividade térmica

Condutividade é a propriedade possuída pelos elementos que são condutivos. É assim que se chamam os materiais que contam com...

Conceito de

conectividade

Conectividade é a capacidade de estabelecer uma conexão: uma comunicação, um vínculo. O conceito geralmente se refere à...

Conceito de

conferir

O verbo conferir vem da palavra latina “conferre” e refere-se à concessão, adjudicação ou atribuição de um...

ARQUIVOS