Conceito.de

Conceito de trapezóide

Um vocábulo grego chegou ao nosso idioma como trapezóide, um termo que se usa na geometria e na anatomia. Enquanto conceito geométrico, um trapezóide é um quadrilátero de tipo irregular que carece de lados paralelos.

Os trapezóides são polígonos: figuras planas que são formadas por um número finito de segmentos consecutivos e rectos. Os polígonos que dispõem de quatro lados chamam-se quadriláteros. As características dos quadriláteros indicam também que têm duas diagonais e quatro vértices e que, ao somar os seus ângulos interiores, o resultado é 360º.

Dentro do conjunto dos quadriláteros, por outro lado, dá-se o nome de quadriláteros irregulares às figuras cujos lados não são iguais.

Dito isto tudo, podemos detalhar que o trapezóide é um polígono (figura plana) que se qualifica como quadrilátero irregular (tem quatro lados que não são iguais).

Passando para o domínio da anatomia, o trapezóide é um osso curto que se encontra no punho. Este osso esponjoso tem ao todo seis faces (entre elas, duas articulares). O trapezóide articula-se com o osso grande, o osso trapézio, o segundo metacarpiano e o osso escafóides.

Pode-se dizer que o trapezóide está na segunda fila do carpo, sendo o segundo osso desta zona. Cabe destacar que se conhece como carpo o conjunto de ossos que compõem o esqueleto do punho.

Tendo em conta a sua localização, o trapezóide é um dos ossos carpianos. As lesões carpianas, neste sentido, são os traumatismos ou as fracturas que afectam o trapezóide e os restantes ossos do carpo.