Conceito.de

Conceito de trovoada

Trovoada é um termo que menciona a perturbação violenta da atmosfera que inclui ventos fortes e precipitações. A trovoada caracteriza-se pela coexistência de duas ou várias massas de ar de diferentes temperaturas, o que provoca uma instabilidade no ambiente que pode incluir trovões, relâmpagos, chuvas, granizos e outros fenómenos meteorológicos.

Exemplos: “Fazendo o balanço, a forte trovoada deixou cinco casas destruídas na pequena aldeia”, “Temos que nos despachar para não apanharmos com a trovoada a meio do caminho”, “O capitão anunciou que, tendo em conta as previsões de trovoada, a viagem iria ser adiada para a próxima 3ª feira”.

As trovoadas originam-se com a combinação de um centro de baixa pressão com outro de alta pressão, resultando na formação de nuvens e o desenvolvimento de ventos. O choque térmico produz movimentos ascendentes e descendentes que derivam em descargas eléctricas, chuvas, etc.

Conhece-se como trovoada tropical trovoadas de grandes dimensões que se produzem nas regiões subtropicais e que têm a potencialidade de derivar em furacões.

Em sentido figurado, uma trovoada (sinónimo de “tormenta”) é uma adversidade ou uma desgraça: “Após meio ano de luta, a trovoada já passou e estou de regresso a minha casa”, “Na verdade, não estou bem. Ando há vários dias ao meio de uma trovoada”.

Trovoada, por fim, pode ser a grande quantidade de algo ou uma agitação: “O treinador viu-se obrigado a enfrentar uma trovoada de protestações por parte dos seus jogadores”, “O presidente quer evitar outra trovoada financeira como aquela que ocorreu em 2001”.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (10 de Janeiro de 2014). Conceito de trovoada. Conceito.de. https://conceito.de/trovoada