Conceito de higiene




Mai 25, 12 Conceito de higiene

Do francês hygiène, o termo higiene diz respeito à limpeza e ao asseio, seja do corpo como do lar ou dos locais públicos. Pode-se fazer a distinção entre a higiene pessoal ou privada (cuja responsabilidade compete ao próprio indivíduo) e a higiene pública (que deve ser assegurada pelo Estado).

A higiene também está relacionada com o ramo da medicina que se dedica à preservação da saúde e à prevenção das doenças. Neste caso, o conceito compreende os conhecimentos e as técnicas que devem ser aplicados para controlar os factores que possam ter efeitos nocivos sobre a saúde.

Por exemplo: lavar as mãos com água em abundância e sabão antes de comer é um hábito de higiene imprescindível para evitar doenças. A recente pandemia de gripe A veio reforçar ainda mais a importância desta prática de higiene para evitar o contágio.

As autoridades passaram a preocupar-se e a sentirem-se implicadas com a higiene pública a partir da Revolução Industrial, a partir do momento em que as condições precárias que se viviam dentro das fábricas começaram a dizimar a população.

Os locais de trabalho que, à partida, são um espaço público onde as pessoas costumam passar grande parte do dia, devem ser limpos e contar com água potável ao acesso de todos. As casas de banho devem dispor de lavatórios e estar situados nas proximidades dos postos de trabalho.

Se a higiene de uma empresa for deficiente, os empregados sujeitam-se mais a adoecer e a contagiarem-se mutuamente, podendo ser prejudicial para a saúde pública e para a própria actividade da firma.