Conceito.de

Conceito de espiral

Uma espiral é uma curva plana que dá voltas em torno de um ponto e que, em cada uma dessas voltas, se afasta cada vez mais desse ponto. A espiral, noutros termos, é a linha curva que se cria num ponto e que se vai afastando progressivamente do centro à medida que vai girando em volta do mesmo.

Exemplos: “Comprei uma manta com um estampado de espirais e círculos”, “O chefe decorou a sobremesa com uma espiral de chocolate derretido”, “Gosto muito das bolachas em forma de espiral que confeccionam na padaria da Marta”.

Muitas das vezes, os conceitos de espiral e hélice são usados como sinónimos. A espiral, seja como for, é sempre plana, ao passo que a hélice é tridimensional. A hélice, por conseguinte, é uma curva espacial.

As espirais tiveram importância no simbolismo de diversas culturas. O homem pré-histórico costumava desenhar espirais nas suas pinturas rupestres, o que leva a crer que representava o ciclo do nascimento, da morte e do renascimento. O sol também era representado como uma espiral (já que nasce todas as manhãs, morre ao entardecer e renasce no dia seguinte).

Entende-se por espiral, por outro lado, a sucessão crescente ou indefinida de acontecimentos. Neste caso, a noção continua associada, de alguma forma, ao cíclico ou àquilo que parece não ter fim. Expressões como “A sociedade entrou numa espiral de violência sem limite” indicam que uma comunidade vive no meio de conflitos violentos que se sucedem uns atrás dos outros.