Conceito.de
Conceito de

Simbolismo

Simbolismo é o sistema de símbolos que permite representar um conceito, uma crença ou um evento. Este sistema funciona com base na associação de ideias que promovem os símbolos e nas redes destes que vão surgindo.

simbolismo
O simbolismo possibilita representar uma crença, evento ou conceito

Exemplos: “A loja maçónica caracteriza-se pelos seus fortes simbolismos”, “Não entendo o simbolismo dos livros deste autor”, “Amanhã, vou assistir à conferência de um Japonês que é especializado no simbolismo dos dragões”.

O simbolismo, por outro lado, é um movimento artístico que surgiu em França em finais do século XIX e que se caracteriza por evocar ou sugerir os objetos em vez de os designar de forma direta.

O surgimento do simbolismo está relacionado com a oposição ao naturalismo apostando na fantasia. Os artistas envolvidos neste novo movimento tentavam recuperar as ideias do romanticismo, que foram perdendo relevância face ao avanço da revolução industrial. O simbolismo, por conseguinte, está relacionado com o espiritual.

Os simbolistas propunham-se a decifrar os mistérios do mundo a partir da procura de correspondências entre os objetos sensíveis. Charles Baudelaire, Arthur Rimbaud e Paul Verlaine foram alguns dos precursores do movimento, que se expandiu da literatura para a pintura, a escultura e o teatro.

Convém destacar que o simbolismo não se ficou pela França, pois foi-se expandindo sem conhecer fronteiras geográficas e ganhando adeptos em todas as partes do mundo. Chegou, nomeadamente, a atravessar o oceano, chegando à América Latina.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • O simbolismo cultural expressa significados e conceitos relacionados a culturas específicas por meio de linguagem, arte, música e tradições.
  • O simbolismo social usa símbolos para representar valores e ideias essenciais a uma sociedade, como poder, status, identidade e pertencimento.
  • O simbolismo político engloba símbolos que representam ideologias e sistemas políticos, como bandeiras e símbolos de partidos políticos.
  • Tradição, mito, folclore, lenda, ocultismo, misticismo, espiritualidade, religião e mitologia são exemplos de símbolos que expressam ideias e conceitos em diferentes contextos culturais, sociais e políticos.

Simbolismo cultural

O simbolismo cultural se caracteriza pelo uso de símbolos a fim de expressar significados e conceitos relacionados a culturas específicas. E isso compreenderia: linguagem, arte, música e também as tradições valorizadas dentro de uma comunidade.

É comum o uso dos símbolos culturais para representar ideias e crenças que possuam raízes profundas numa cultura.

Simbolismo social

Simbolismo social, por sua vez, é o uso de símbolos representando valores e ideias essenciais para uma determinada sociedade. E aqui são compreendidos símbolos de poder, status e prestígio, assim como os símbolos de identidade e de pertencimento.

É comum que os símbolos sociais sejam usados para criar uma sensação de união e unanimidade numa sociedade.

Simbolismo político

O simbolismo surge também na política, sendo ali o uso de símbolos para representar ideologias e sistemas políticos. Bandeiras, brasões de armas e demais símbolos nacionais estariam incluídos, além de símbolos de partidos políticos e movimentos políticos também.

Quando se quer transmitir uma mensagem ou gerar mobilização para o apoio em torno de uma determinada causa, então acontece o uso desse simbolismo.

Elementos do simbolismo

conceito de simbolismo
O simbolismo surge bastante nas artes

Tradição, mito, folclore, lenda, ocultismo, misticismo, espiritualidade, religião e mitologia são todos elementos que poderiam ser considerados como símbolos em um determinado contexto. Cada um desses termos faz a representação de um tipo de símbolo, que seria usado para mostrar uma ideia ou um conceito. Por exemplo:

  • O mito se trata de um tipo de história simbólica, usada para explicar a origem de algo ou para transmitir uma lição;
  • A lenda é similar ao mito, só que focada em uma pessoa ou evento histórico especificamente;
  • O folclore, por sua vez, é uma coleção de histórias, de tradições e de crenças transmitidas de geração para geração numa cultura ou numa região;
  • A tradição se caracteriza num conjunto de costumes e práticas valorizados numa sociedade ou cultura;
  • Misticismo, esotérico, ocultismo, espiritualidade, religião e mitologia são todos símbolos relacionados a conceitos de crença, fé e espiritualidade. Cada um desses termos possui a sua conotação e contexto específicos, mas todos eles podem ser utilizados na representação de ideias e de conceitos que transcendem o mundo físico e material em diferentes contextos culturais, sociais e políticos;

Simbolismo na arte e na literatura

O simbolismo, como uma parte importante da arte e da literatura, tendo a ser usado por escritores e artistas para adicionar camadas adicionais de significado em suas obras.

No entanto, nem todos os símbolos podem ser compreendidos facilmente ou são aceitos por todos. Há aqueles que seriam controversos ou mesmo ofensivos também, a depender do contexto.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (2 de Novembro de 2013). Atualizado em 9 de Maio de 2023. Simbolismo - O que é, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/simbolismo