Conceito.de

Conceito de aritmética

Escutar o artigo

Aritmética é um dos ramos da matemática e ela foca no estudo das operações numéricas. É nela onde são solucionados problemas de adição, subtração, multiplicação e também de divisão.

aritmética
A aritmética está presente no dia a dia de todos

O termo aritmética teve origem no grego arithmētikḗ, que significa “ciência dos números”. E esse é o ramo mais básico da matemática, sendo que é ele quem ainda trata dos algarismos.

A aritmética é estudada logo nos primeiros anos da escola, sendo a base para que a criança compreenda os demais ramos da matemática.

Estamos a todo o momento usando a aritmética, seja quando fazemos compras no mercado e temos que pegar uma certa quantidade de itens e ir somando, seja quando precisamos dividir as tarefas de casa ou mesmo quando precisamos fazer as contas do orçamento pessoal.

História da aritmética

Logo quando se começou a fazer uso das quantidades, o que aquelas pessoas faziam era usar cordas e dar nelas nós para calcular. Tempos depois começou-se a usar o ábaco, um instrumento inventado pelos chineses para fazer cálculos usando o sistema decimal (ele é visto como algo similar ao ato de fazer a conta nos dedos).

Tempos depois foram introduzidos os números romanos e árabes, que serviram para fazer a representação de quantias escritas. Até então não se fazia o uso do número 0 como forma de representação da ausência de quantidade, mas algum tempo depois ele foi introduzido.

E o responsável por começar a organizar a matemática para termos algo próximo ao que temos hoje foi o matemático indiano Brahmagupta. Foi ele quem introduziu o número 0 e também ajudou na estruturação na lógica que é hoje usada para a aritmética. Ele é conhecido como o pai da aritmética.

Outro que também ajudou na estruturação desse ramo da matemática foi Bhaskara, fazendo com que ela chegasse ao que se tem hoje.

As operações fundamentais

conceito de aritmética
O ábaco era usado para cálculos

Na aritmética, tem-se as quatro operações fundamentais que compreendem os cálculos feitos, sendo essas operações: adição, subtração, divisão e multiplicação.

Adição

A primeira operação da aritmética é a adição. É com ela que somamos coisas, sejam essas coisas concretas ou não, por exemplo: podemos somar 1 carro e mais 1 carro para termos dois carros ou podemos somar 2 ideias com 1 ideia para termos três ideias.

Na adição é usado um símbolo para fazer a soma que é o sinal de “+”, veja um exemplo: 4 + 4

Subtração

A subtração é o inverso da adição, ou seja, ao invés de somar você vai subtrair, retirar algo de, por exemplo: se temos dois cadernos e damos um deles para um amigo, então ficamos com um caderno. Essa conta ficaria assim:

2 – 1 = 1 (o sinal de = é usado para representar o resultado do cálculo)

Na subtração usamos o sinal de “-” para simbolizar a extração de um elemento de um cálculo.

Divisão

Há também a divisão, que se trata do ato de repartir algo. Se temos uma torta com 6 fatias e temos 3 pessoas que comerão essa torta, então como faríamos isso? Por meio da subtração podemos resolver esse problema.

Nesse caso, pegamos 6 e dividimos por 3, tendo como resultado o número 2, ou seja, essa é a quantidade de pedaços de torta que cada pessoa receberá.

Na divisão usamos o sinal “/” ou mesmo “÷” para representá-la, por exemplo:

6 ÷ 3

Multiplicação

Por fim, temos também a multiplicação, que se trata da operação responsável por fazer muitas repetições da soma, por exemplo:

– Se um artesão faz 5 chaveiros por dia e queremos saber quantos ele é capaz de fazer em 3 dias, então pegamos 5 e multiplicamos por 3, onde teremos 15. Ou seja, essa é a quantidade que ele faz em 3 dias.

Imagine ter que fazer isso usando a soma? Levaríamos mais tempo, especialmente em cálculos mais complexos. Mas quem conhece multiplicação fará isso muito mais rápido.

Valor posicional

Na aritmética, há o chamado valor posicional que nos ajuda, por exemplo, a distinguir o número 30 do número 3000, fazendo com que saibamos que o primeiro está na casa das dezenas (20) e o outro na casa de milhar (3000). Logo, a posição que os números ocupam distingue seus valores.

Ordem das operações

Há uma ordem de prioridade na aritmética para a realização das operações. Isso ajuda a ter o resultado correto de uma expressão numérica. Veja um exemplo a seguir:

2 x 3 + 2 / 4 – 1 =

Nesse caso, começamos sempre pela multiplicação ou divisão (a que estiver logo a esquerda), em seguida resolvemos a soma e há enfim a subtração, ficando assim:

2 x 3 + 4 / 2 – 1 =

6 + 4 / 2 – 1 =

6 + 2 – 1 =

8 – 1 =

7

Número negativos

É importante saber que os números podem ser negativos também, se caracterizando numa quantidade que não é absoluta. Por exemplo, se fizermos o seguinte cálculo “5 – 6” teremos como resultado um número negativo, já que 6 é maior do que 5, o resultado seria – 1 (os números negativos são representados por um sinal de “-” antes do número).

Citação

SOUSA, Priscila. (11 de Maio de 2022). Conceito de aritmética. Conceito.de. https://conceito.de/aritmetica