Conceito de menu


Jul 01, 14

Menu, que deriva do francês menu (idem), é um termo com vários usos de acordo com o contexto. Pode tratar-se do conjunto dos pratos que constituem uma refeição (pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar).

Exemplos: “O menu para esta noite inclui carne assada com vegetais grelhados e panquecas de maçã”, “Antes de iniciarmos o passeio, tomaremos um pequeno-almoço nutritivo: no menu não faltarão as frutas e os cereais”, “Não aprecio o menu de hoje, uma vez que todos os alimentos têm demasiada gordura”.

O menu (mais conhecido pelo nome de “ementa”) também pode ser a carta onde constam os pratos, as sobremesas e as bebidas disponíveis num restaurante ou num estabelecimento similar: “Vou pedir ao empregado que me traga o menu para escolher uma sobremesa”, “Viste o menu? Há uma grande variedade de peixe”, “Não consigo ler o menu sem os óculos”.

Outro uso do conceito relacionado com a alimentação indica que o menu é a refeição de preço fixo que oferece um restaurante ou um hotel e que tem possibilidades limitadas à escolha: “A tarifa da estadia inclui menu fixo para o jantar”, “O menu permite-lhe optar entre pizzas ou massas”, “Não posso acreditar que o menu tenha aumentado tanto de preço”.

No âmbito da informática, por sua vez, conhece-se pela designação de menu a lista de opções que aparece no ecrã de um computador. Os programas informáticos tendem a recorrer a um menu para apresentar ao utilizador as diversas tarefas que pode realizar: “Entra no menu e altera o formato da página para que possamos imprimir o documento sem inconvenientes”, “Se queres mudar a fonte, deves ir ao menu e entrar em Tipo de letra”.