Conceito.de

Conceito de oxisal

As oxisais constituem um tipo de sal que surge quando se combinam um ácido oxácido e um hidróxido ou, de forma mais simples, um radical e um metal. O fruto deste vínculo designa-se oxisal.

Para compreender o que são as oxisais, por conseguinte, temos que saber a que se referem diversos conceitos. Comecemos com a noção química do sal: trata-se de um composto que se forma através do enlace de catiões e aniões (isto é, de iões com diferente carga: positiva e negativa). Os sais, deste modo, são o resultado de uma reacção que se gera a partir da relação entre um ácido (o anião) e uma base (o catião).

Os oxácidos e os hidróxidos forman as oxisais. O primeiro composto (que também recebe o nome de ácido oxoácido) cria-se a partir de uma molécula de H2O (água) e um óxido não metálico. Os hidróxidos, por sua vez, são compostos por um metal assim com um ou mais aniões hidroxilos. A diferença entre um hidróxido e um óxido prende-se com o facto de estes se formarem com oxigénio.

Além do mais, há que expor que a fórmula dos oxisais estabelece que entrem em jogo tanto o que é o elemento metálico como o elemento não metálico e o oxigénio, sem esquecer os valores do oxoácido e a valência do primeiro dos citados, do metal.

Não menos importante é saber que há várias nomenclaturas para os oxisais. No entanto, entre as mais significativas encontram-se as seguintes:

• Nomenclatura tradicional. É aquela que é usada utilizando o nome do elemento oxoácido e consiste em substituir a sua terminação –oso por –ito, ou ainda –ico por –aco. A esto acrescenta-se-lhe o nome do elemento metálico com uma terminação em função da sua valência: -ico se possuir 1, -oso se tiver 2…
• Nomenclatura sistemática. Neste caso, salvo algumas excepções, o nome é dado seguindo esta ordem: nome do anião + nome do catião + prefixo do número de átomos do elemento metálico.
• Nomenclatura em stock. Esta é bastante parecida com a tradicional e requere o uso também do elemento metálico em questão e da sua valência. Esta última deve aparecer entre parênteses.

Cabe salientar que, por outro lado, as oxisais têm uma série de características que merece a pena destacar. Entre estas destacam-se as seguintes: a maioria tem a particularidade de serem solúveis em água, podem chegar a conduzir a electricidade e muitas delas usam-se no âmbito da medicina para prevenir o botulismo ou realizar radiografias de raios X, por exemplo.

O nitrato de sódio, o clorito de cálcio e o silicato de cobalto são alguns exemplos de oxisais. O seu uso é bastante variado: podem servir para a limpeza, prevenir doenças, produzir vidro ou fabricar pastas dentífricas, entre outras funções.

Cabe destacar que a denominação das oxisais, com os seus prefixos e sufixos, obedece a diversas regras que são comuns no âmbito da química.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS