Conceito.de

Conceito de peripécia

Uma peripécia é uma mudança de planos motivada por um acontecimento imprevisto que obriga a uma reacção. Desta forma, ao produzir-se o facto acidental, o estado de uma situação altera-se e torna-se necessária uma nova acção ou conduta.

Exemplos: “Tive de fazer umas peripécias para chegar a tempo ao trabalho depois de ter batido com o carro”, “Uma mãe passa a vida a fazer peripécias para cuidar e dar assistência aos seus filhos”, “A peripécia existencial do cantor ficou em bem clara depois da sua viagem à Índia”.

Para além de ser usado na linguagem coloquial, a noção de peripécia emprega-se no teatro clássico para designar uma mudança repentina de situação face a um acontecimento inesperado que altera o panorama.

O filósofo grego Aristóteles explica numa das suas obras que a peripécia é uma mudança de sorte: as tragédias decorrem de uma certa forma até que alguma acção de um personagem faça que da felicidade se passe à desgraça. Essa modificação é a peripécia.

Outra forma de entender o conceito de peripécia no teatro é associando-o com aquilo que, repentinamente, muda o curso das acções sobre o final de uma obra. A peripécia, neste sentido, implica a resolução da estrutura argumental a partir de uma transformação dos acontecimentos.