Conceito.de

Conceito de predicado

Escutar o artigo

Predicado se trata do que é declarado sobre o que o sujeito faz. Ele está em concordância em pessoa e número com o sujeito. O predicado é composto por pelo menos um verbo e ele é algo de suma importância numa oração.

predicado
O predicado é tudo o que declara aquilo que o sujeito faz ou sofre

No exemplo a seguir se poderá compreender melhor a função do predicado:

“Marcos desenhou uma paisagem ontem”

Primeiro é necessário buscar o sujeito dessa oração e para isso bastaria que fosse feita a seguinte pergunta: quem desenhou uma paisagem ontem? E assim teríamos a resposta: Marcos foi quem desenhou.

Quando o sujeito é encontrado, então todo o restante da oração seria o predicado, que é a ação que o sujeito realizou. Nesse exemplo, a ação que o sujeito realizou foi “desenhou uma paisagem ontem”.

Outro exemplo seria:

“Eles foram até a escola hoje ensaiar”

No exemplo acima, usando a mesma regra do anterior, começamos buscando o sujeito, que aqui seria “Eles” (respondendo à pergunta “quem foi até a escola hoje?”).

Depois de encontrar o sujeito, tudo o que ficou da oração é o predicado. Veja que nesse exemplo temos agora dois verbos na oração, pois, como citado, o predicado é formado por ao menos um verbo, podendo ter até mais do que isso.

Sujeito e sua relação com o predicado

Para entender o conceito de predicado, faz-se necessário antes entender também um pouco sobre o conceito de sujeito.

Esse é também um termo essencial numa oração, sendo o responsável por sofrer uma ação ou estado ou, ainda, por realizar uma. É o sujeito que direciona a terminação verbal, seja em número ou em pessoa. E o sujeito pode ser simples, composto, expresso, oculto, agente, paciente, agente e paciente, indeterminado ou mesmo pode se ter uma oração sem sujeito.

Sobre sua relação com o predicado, há casos em que o predicado depende de um sujeito e outros em que não depende. Por exemplo:

– Oração com sujeito: Eu acordei cedo hoje;

– Oração sem sujeito: É muito claro por aqui.

Predicado verbal

conceito de predicado
O predicado se classifica em três tipos

Há diferentes tipos de predicados, sendo o predicado verbal um deles. Esse se caracteriza por ter, de forma obrigatória, um verbo, sendo esse verbo a parte central do predicado. Mas o verbo seria a parte central (o núcleo) desse predicado penas se ele tiver relação de noção, apresentando uma ação. Por exemplo:

“O maratonista corre todos os dias”

No exemplo acima, a ação é indicada por “corre”, que é um verbo que evidencia o ato de correr, relacionado com o sujeito “maratonista”. E esse verbo se complementa com os demais elementos do predicado “todos os dias”. Mas como o núcleo desse predicado é “corre”, logo, ele é classificado como um predicado verbal.

Predicado nominal

Já o predicado nominal é aquele que possui como núcleo um nome, sendo que esse atua como o predicativo do sujeito, qual possui a função de conceder atributos, características ou significado para o sujeito, podendo ainda enunciar seu modo de ser ou seu estado. O predicativo do sujeito é unido ao sujeito por meio do que é chamado de verbo de ligação. Veja alguns exemplos a seguir:

“Ele está triste” – Neste exemplo aqui, “triste” é um atributo que se dá para o sujeito, que é “Ele”. O sujeito e o predicado nominal estão aqui ligados por meio de um verbo de ligação, que é “está”;

“Os primos seguem calados” – Aqui também o sujeito “os primos” está ligado, por meio do verbo de ligação “seguem”, ao predicado “calados”. Se então for feita a pergunta “quem segue calado?”, se terá a resposta “os primos”, sendo esse então o verbo,  enquanto isso, se for perguntado “segue o que?”, então se tem a resposta “calados”. Desse modo, o predicado nominal dá significado para o sujeito apenas se for ligado por meio do verbo de ligação.

Predicado verbo-nominal

Já esse é caracterizado por contar com dois núcleos, com um dos núcleos sendo um verbo e o outro sendo um nome (que pode ser um adjetivo ou um substantivo). Desse modo, esse tipo de predicado traz as características do predicado nominal e do predicado verbal.

No predicado verbo-nominal, existe o predicativo do sujeito ou o predicativo do objeto, que faz o complemento do objeto direto ou do objeto indireto. Veja a seguir alguns exemplos para que haja um melhor entendimento:

“Nicholas chegou tarde em casa” (aqui os núcleos são “chegou” e “tarde”);

“Mary ficou satisfeita” (já aqui tem-se como núcleos “ficou” e “satisfeita”).

Para fazer a identificação de um predicado verbo-nominal, deve-se saber que o verbo se encontra expresso na oração. Enquanto isso, o verbo que faz a indicação de estado ou de qualidade estaria oculto. Desse modo:

“Nicholas chegou” seria o verbo nocional (que é relativo à noção), que faz a representação do que o sujeito faz. Por sua vez, “estava” se trata de um verbo que está oculto na oração, sendo esse um verbo não nocional: “[estava] tarde”.

Citação

SOUSA, Priscila. (12 de Outubro de 2022). Conceito de predicado. Conceito.de. https://conceito.de/predicado