Conceito.de

Conceito de provérbio

Escutar o artigo

O provérbio se trata de uma frase curta, de modo geral contendo rima e ritmo. A mesma possui o objetivo de trazer uma ideia sobrea realidade ou apresentar uma regra moral. Provérbio é um termo com origem no latim “proverbium, que possui o significado de “dito” ou de “ditado”.

provérbio
Os provérbios concedem sabedoria para quem os lê ou ouve

E quase sempre, os provérbios são encontrados usando a linguagem figurativa, ou seja, eles não são ditos literais.

Um exemplo bastante conhecido de provérbio é o que diz que para um bom entendedor, meia palavra basta. Em primeiro lugar, não existe meia palavra, já que só se faz uso de palavras inteiras e em segundo lugar não é praticamente possível entender algo apenas usando a metade da palavra, mas o que se quer dizer com esse provérbio é que uma pessoa que já conhece sobre o tema não precisará de muito para compreender as coisas relacionadas a ele.

Na religião, é conhecido como provérbio o livro da bíblia sagrada escrito por Salomão e onde constam muitos conselhos para diferentes situações e fases da vida. Há quem acredite que o termo tenha surgido no meio religioso.

Provérbios chineses

Os chineses são conhecidos por sua saberia em diferentes aspectos, por conta disso os provérbios da China (provérbios chineses) são conhecidos em vários locais, tendo sido traduzidos para vários idiomas, como foi o caso do português.

Nos provérbios chineses é abordado sobre temas como: conhecimento, perseverar no que se acredita e também sobre ser forte, sendo que os ensinamentos que constam neles transcendem o tempo, sendo verdadeiras fontes de sabedoria.

E além dos provérbios chineses, há os que vieram do Japão (provérbios japoneses), os originários da Itália, entre outros.

Provérbios e ditados

conceito de provérbios
“Encontrar uma agulha no palheiro” se trata de um ditado popular, que se confunde com um provérbio

Quando se fala em provérbios, é comum que esses sejam confundidos com ditados. Ambos se tratam de expressões que são ditas no cotidiano, presentes num discurso informal, sendo que os dois provém de experiências dos seres humanos.

Tais frases sempre trazem conhecimento, transmitindo sabedoria da parte de quem os pronuncia e os que os escutam têm acesso a lições para a vida.

É comum que nas provas onde o objetivo seja realizar a interpretação de textos oro provérbios surjam. Devido a isso é crucial entender o que os diferencia.

Há registro que relatam o uso dos provérbios e também dos ditados há bastante tempo, até mesmo no período a.C. (antes de Cristo). Conta-se que figuras de elevado poder na sociedade como reis e pensadores tinham os provérbios como citações sábias e essenciais para a tomada de decisões.

E os provérbios percorreram anos, estando então presentes em diversos contextos históricos. Uma diferença deles para os ditados é que quase sempre se pode saber que é o autor do provérbio, já os ditados são quase sempre possuem autores desconhecidos.

Outra diferença é que nos ditados por muitas vezes podem ser encontradas expressões regionais.

Ainda, os provérbios se tratam de criações poética, devido a isso conta com rima e, de certo modo, musicalidade que lhe gera movimento. E os mesmos costumam ser traduzidos para diferentes idiomas.

Provérbio na religião

Na bíblia sagrada há um livro chamado de provérbios ou provérbios de Salomão, onde estão muitos ensinamentos, sendo que os mesmos foram escritos pelo sábio rei chamado de Salomão, que servia a Deus. Em especial, esse livro traz ensinamentos que ajudam aqueles que querem levar uma vida com base nos ensinamentos divinos. Desse modo, o livro ajuda os cristãos a seguirem uma vida mais leve e com menos erros.

Significado de alguns provérbio e ditados

A fim de que haja um melhor entendimento quanto a esse conceito, a seguir estão alguns provérbios populares e seus respetivos significados:

– “Comer com os olhos” – Esse se tornou conhecido na Roma Antiga, quando os convidados das cerimonias religiosas não tinha permissão para comerem os baquetes que eram apresentados para os deuses gregos, apenas sendo permitido que os mesmos observassem. Daí veio a expressão “comer com os olhos”;

– “Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura”: já esse provérbio serve para ilustrar como a perseverança pode ser uma coisa poderosa, onde uma pessoa, ainda que pouco, invista em algo conseguirá ter conquistas, mesmo que demore um certo tempo e seja um desafio;

– Águas passadas não movem moinhos: já essa serve para dizer que não adianta uma pessoa viver presa a algo que houve no passado, isso não ajudará a mudar o seu presente ou o seu futuro;

– O que os olhos não veem o coração não sente: esse é um provérbio conhecido em vários países. Originalmente, ele era usado para os casos e adultério, mas hoje em dia é utilizado para diversas situações em que o objetivo seja dizer que se uma pessoa não vir algo ela não sentirá nada, por exemplo: se houver uma ponte num lugar muito alto e uma pessoa atravessar sem olhar para baixo ela não sentiria medo, conseguindo chegar até o outro lado.

Citação

SOUSA, Priscila. (10 de Novembro de 2022). Conceito de provérbio. Conceito.de. https://conceito.de/proverbio