Conceito de relaxamento muscular


Dez 27, 15

Relaxamento é o processo e o resultado de relaxar. Este verbo, por sua vez, refere-se a mitigar, suavizar ou aflorar algo. Muscular, por outro lado, é aquilo que está associado aos músculos (os tecidos que são compostos por fibras de tipo contráctil).

Dá-se o nome de relaxamento muscular àquilo que ocorre quando a contracção de um músculo finaliza. Deste modo, o relaxamento implica que as fibras regressem ao seu lugar original como consequência do termo de um impulso nervoso.
Para compreender este conceito, há que conhecer como funciona o processo de contracção muscular. Os músculos, a partir de um estímulo, adquirem uma certa tensão que os leva a alongar-se ou a encurtar e dá lugar à produção de uma força motora. Também existem as contracções involuntárias (chamadas reflexos).

O relaxamento muscular tem lugar no momento de finalizar a contracção. Nesse processo, a tensão vai reduzindo até desaparecer. Isto pode fomentar-se através de diversos exercícios e inclusive mediante o uso de fármacos (conhecidos como relaxantes musculares).

A tensão muscular também está associada à tensão mental: os exercícios de relaxamento muscular, por conseguinte, não só permitem incrementar o bem-estar físico, como também ajudam a minimizar a ansiedade e a reduzir o stress.
Um dos métodos de relaxamento muscular mais conhecidos é aquele proposto na década de 1920 por Edmund Jacobson. Este médico defendia que a ansiedade e a tensão dos músculos estavam vinculadas. Por isso, ajudava os seus pacientes para que pudessem relaxar os seus músculos de maneira voluntária e, deste modo, diminuir sintomas relacionados com a ansiedade, a insónia e outros transtornos.

A técnica desenvolvida por Jacobson recebe o nome de relaxamento muscular progressiva, tendo sido posto em prática pelo próprio com os seus pacientes, os quais ele treinou para tratar a ansiedade, a hipertensão, a insónia e as úlceras, todos eles problemas contra os quais é efectivo relaxar os músculos voluntariamente. Cabe mencionar que esta técnica goza de popularidade ainda hoje.

Para levar a cabo o relaxamento muscular progressivo é necessário em primeiro lugar sentar-se numa cadeira cómoda ou num cadeirão, uma vez que o ideal é deixar os braços repousados em cima de uma superfície paralela ao solo. Outra opção é recostar-se numa cama, sempre que ofereça maior comodidade/conforto do que a cadeira. As pernas, por sua vez, não devem estar cruzadas. A roupa também é importante, uma vez que não se aconselha a deixar-se o calçado posto nem usar roupa apertada.

Uma vez com a postura desejada, o primeiro passo é respirar profundamente duas vezes. Seguidamente, começa-se com uma série de exercícios bem definidos para tensionar e relaxar grupos musculares específicos, para aos poucos tomar o controlo de cada zona e conseguir relaxá-la voluntariamente.

Alguns desses exercícios para conseguir o relaxamento muscular progressiva são os seguintes:
* fechar as mãos com força, esticá-las e depois contraí-las. De seguida, abri-las e esticar os dedos para relaxarem;
* esticar os bíceps, agitando as mãos antes e depois para nos asseguramos de não as esticar também;
* mover os ombros para atrás com cuidado e logo deixá-los voltar para a sua posição normal;
* deixando os ombros em posição relaxada, girar a cabeça para cada lado lentamente, procurando chegar até ao limite para conseguir a tensão mas com cuidado para não se exceder e depois voltá-la para a sua posição original;
* também se pode inclinar a cabeça para a frente, procurando aproximar o queixo ao peio o máximo possível. O movimento contrário (para trás) não se recomenda, mas é outro dos exercícios possíveis;
* abrir os olhos até alcançar o limite e depois relaxar as pálpebras.