Conceito.de

Conceito de simetria

Simetria, do latim symmetrĭa, é a correspondência exata em termos de tamanho, forma e posição das partes de um todo. Um exemplo de simetria é o Homem de Vitrúvio de Leonardo da Vinci, uma obra que representa um corpo humano perfeitamente simétrico.

Para a biologia, a simetria é a correspondência ideal no corpo de um animal ou uma planta relativamente a um centro, um plano ou um eixo. De acordo com esta correspondência, distribuem-se os órgãos ou as partes equivalentes numa determinada ordem.

A maioria dos organismos pluricelulares apresenta algum tipo de simetria. A simetria radial é definida por um eixo heteropolar (que apresenta diferenças nas suas duas extremidades) a partir do qual se estabelecem os planos principais de simetria. A simetria bilateral é mais frequente, já que define um eixo corporal consoante a direção do movimento. Isto permite o estabelecimento de um sistema nervoso centralizado e da cefalização.

A geometria assinala que a simetria é a correspondência exata na disposição dos pontos ou das partes de um corpo ou de uma figura relativamente a um centro, eixo ou plano. Esta simetria pode ser esférica (existe sob qualquer rotação possível), axial (quando há um eixo que não conduz a nenhuma mudança de posição no espaço com as voltas em seu redor) ou reflexiva (definida pela existência de um único plano).

A simetria molecular é um conceito da química que permite prever ou explicar certas propriedades de uma molécula a partir da sua simetria.

Simetria facial descreve um rosto com os dois lados iguais, ou seja, com medidas similares. Essa simetria é associada a um rosto que é belo, já que possui harmonização de suas formas. Contudo, não existe um rosto que seja totalmente simétrico, mas há aqueles que contam com o que seja o mais perto possível disso.

Cabe dizer que não há apenas um tipo de simetria, mas existe a simetria bilateral, a radial e a perfeita simetria. Essas variam de acordo com eixo do elemento (linha real ou imaginária que atravessa o meio da figura)

A simetria bilateral é caracterizada pela divisão do eixo em dois lados iguais e é conhecida também como simetria real, esse é o tipo de simetria é usada para classificar os seres vivos.

Enquanto isso, na simetria radial as retas ou eixos passam todos pelo centro ou podem também irradiar desse. Esse tipo é encontrado em figuras redondas, tal como a figura de uma estrela, por exemplo.

Por fim, há a chamada “perfeita simetria” que é quando algo é dividido em dois lados exatamente iguais.

O estudo da simetria é fundamental para se resolver problemas matemáticos ou de geometria.

Na escola primária as crianças passam a estudar geometria e conhecem a simetria, então elas são solicitadas a desenhar linhas retas para descobrir a simetria de elementos apresentados.

Um bom exemplo de atividade é dar para as crianças formas recortadas de figuras geométricas que possam ser dobradas ao meio, desse modo elas têm certeza de que um lado é similar ao outro.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS