Conceito.de

Conceito de sismologia

Sismologia, que é um vocábulo proveniente da língua grega, é a ciência que estuda os sismos. Um sismo, por sua vez, é um movimento brusco e repentino do terreno que se produz pela acção de forças no seio do globo terráqueo.

Considera-se que a sismologia faz parte da geofísica (a disciplina que analisa as questões físicas do nosso planeta). O objecto de estudo da sismologia, por conseguinte, são as ondas sísmicas que provocam os sismos.

A sismologia tenta determinar as origens dos terramotos e o modo de propagação das ondas. Entre os seus objectivos destaca-se a prevenção para atenuar os efeitos destrutivos dos sismos.

É hábito os sismos terem lugar nos limites das placas litosféricas (também chamadas placas tectónicas). Quando pelo menos duas destas placas interagem, acumula-se tensão nos seus limites e depois têm lugar os deslocamentos. Para estudar estas questões, os especialistas recorrem aos sismómetros ou sismógrafos.

Estos dispositivos permitem avaliar os temores que provocam os deslocamentos das placas tectónicas. Os sismógrafos, graças aos seus sensores, conseguem registar as ondas sísmicas e podem estudar a propagação. O registo realizado por estas máquinas recebe o nome de sismograma.

Com base nos conhecimentos da sismologia e do funcionamento dos sismógrafos, os terramotos começaram a qualificar-se de acordo com a sua magnitude. A escala de Richter (considerada segundo a energia liberada) e a escala de Mercalli (que estuda danos provocados) são as populares.