Conceito.de

Conceito de taxa de câmbio

Escutar o artigo

A taxa de câmbio é a relação cambiária que existe entre duas moedas de países diferentes. Este dado estabelece que quantidade da moeda X se obtém em troca da moeda Y. Noutros termos, indica quanto dinheiro se pode comprar com a moeda de outro país.

As operações de câmbio (compra e venda de divisas) podem realizar-se nos bancos e nas casas/agências de câmbio, que, regra geral, cotizam duas taxas de câmbio: uma para a compra e outro para a venda. Por exemplo: se quisermos comprar dólares, o preço a pagar à casa de câmbio é de 0,74 euros por cada dólar. No entanto, se quisermos vender euros, iremos receber 1,34 dólares por cada euro que entregarmos.

Pode-se mencionar duas taxas de câmbio: a taxa de câmbio real e a taxa de câmbio nominal.

O câmbio real é aquele que estabelece a relação pela qual uma pessoa pode trocar bens e serviços de um país pelos de outro.

O câmbio nominal, por sua vez, é a relação direta entre uma moeda e outra estrangeira. É a taxa de câmbio que é usada nos bancos e nas casas de câmbio.

O Banco Central de cada país pode optar por vários sistemas de taxas de câmbio. A taxa de câmbio fixa é determinada pelo Banco Central (a instituição decide o preço da moeda). Em contrapartida, a taxa de câmbio flutuante ou flexível permite que o preço seja determinado pela lei da oferta e da procura.

Em todo o mundo é utilizado do dólar como uma referência para o valor de moedas de outros países e isso para o comércio, para o turismo e também para operações financeiras.

Como fatores para influenciar no aumento ou na redução do valor de uma moeda em relação a outra há os econômicos e os políticos, mas o principal fator é a chamada oferta e procura de uma determinada moeda.

Existem alguns modelos para definir o valor de uma moeda e os principais são: câmbio fixo, variável e deslizante. Vejamos como cada um desses funciona:

– Câmbio fixo: nesse modelo é o governo o responsável pelo estabelecimento do valor da moeda e o Banco Central do país trabalha com o objetivo de manter o preço, sendo que para isso ele compra e vende dólares através de reservas internacionais;

– Câmbio flutuante: nesse modelo o que acontece é que determina-se o valor de uma moeda através das ações de compra e venda dela. Um exemplo de uso desse modelo é no Brasil, onde o valor do dólar determina o valor do real, sendo que quanto maior é a procura pelo dólar, então maior será o seu valor em relação ao real;

– Câmbio deslizante: já esse modelo une as características dos dois modeles anteriores. Nesse daqui o Banco Central influencia todos os dias no mercado com o propósito de manter a moeda dentro do valor que foi determinado pelo órgão. Podemos usar como exemplo o real, onde o Banco Central interviria todos os dias no mercado a fim de manter o real dentro do valor determinado. E então o órgão venderia e compraria dólares com o objetivo de manter o cambio no intervalo de variação que fora determinado pelo governo.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (4 de Março de 2012). Conceito de taxa de câmbio. Conceito.de. https://conceito.de/taxa-de-cambio