Conceito.de

Conceito de treino funcional

Escutar o artigo

Treino se trata do ato de treinar para adquirir prática e/ou conhecimento. Enquanto isso, funcional designa algo que possui uma função, que foi desenvolvido para ter mais eficácia. Posto isso, o treino funcional é um treino com o objetivo de se ter mais eficácia corporal.

treino funcional
No treino funcional, se praticam exercícios para conquistar resistência e eficiência corporal

O treino funcional compreende um conjunto de exercícios que visam desenvolver as capacidades funcionais do corpo. O foco é em realizar movimentos que imitam os movimentos feitos normalmente com o corpo.

Quem realiza tais exercícios obtém um melhor condicionamento físico, ao trabalhar diferentes músculos. Eles então trabalham distintos aspectos como flexibilidade, coordenação motora, força muscular e o sistema cardiorrespiratório.

Aqueles que buscam perder peso, complementar o treino de força (quando fazem musculação) ou que querem deixar o sedentarismo costumam realizar esse treino que promover força e resistência.

Muitos ainda recorrem a esse treino com o objetivo de melhorar problemas de postura e reduzir as dores no corpo, especialmente as dores na coluna. Contudo, esses exercícios devem ser feitos apenas sob a orientação de um profissional, como um personal trainer, pois ele garantirá que os treinos estejam alinhados ao que o praticante precisa e deseja.

E porque esse tipo de treino alia diferentes capacidades físicas em um único exercício, nos últimos anos ele tem se tornado cada vez mais popular.

Características do treino funcional

O treino funcional possui como foco aperfeiçoar as capacidades motoras dos indivíduos. Com isso, o treino garante ao praticante o aumento da resistência para que consiga suportar as ações do dia a dia.

Muitas das práticas que são realizadas nesse tipo de treino foram elaboradas por fisioterapeutas que tratavam pacientes que estavam em reabilitação.

Os movimentos que se realiza com essa prática imita os movimentos corporais que uma pessoa ativa realizaria, tanto ajudando a fortalecê-los como também contribuindo para a recuperação de pacientes com lesões de modo mais rápido (acelerando essa recuperação).

O agachamento, por exemplo, faz parte dos exercícios realizados no treino funcional, sendo um dos mais conhecidos e também um dos mais simples ali, contudo que trabalha diferentes músculos.

Houve uma ampla aceitação de tais práticas e isso fez com que, tempos mais tarde, o treino funcional fosse adotado por academias para conferir mais dinâmica e ajudar aqueles que queriam mais do que realizar exercícios isolados ou praticar musculação.

Para a realização desse treino se organizam os chamados circuitos, os quais são constituídos por uma grupos de exercícios. E com isso se equilibram distintas capacidades do corpo em apenas um exercício.

No treino funcional a pessoa faz uso apenas do peso do seu próprio corpo a fim de trabalhar diferentes músculos em simultâneo. Mas além do corpo, o praticante ainda pode usar alguns recursos como acessórios para o auxiliar nos treinos e potencializar seus resultados.

E devido a ser o corpo o principal instrumento, se pode realizar diferentes tipos de exercícios, tendo uma prática mais dinâmica. O praticante então deverá aprender novos movimentos, no lugar de ter que ficar praticando sempre os mesmos.

Treino funcional e musculação

conceito de treino funcional
Movimentos naturais feitos como o corpo são o foco no treino funcional

Algumas pessoas podem confundir o treino funcional com a musculação, porém se tratam de conceitos distintos, mesmo que esses tenham algumas coisas em comum.

A musculação é muito aplicada quando o objetivo é conquistar a hipertrofia muscular (o aumento do tamanho dos músculos). Enquanto isso, o treino funcional tem sua base em movimentos naturais dos humanos, tais como correr, pular, girar e agachar.

O praticante que realiza esse tipo de treino ganha força, flexibilidade, equilíbrio, resistência e agilidade também. Tal treino ajuda a fazer com que a pessoa fuja mais de movimentos mecanizados ou eixos isolados, por exemplo, como ocorre na realização da musculação.

É devido a isso e outros aspectos que o treino funcional tem se tornado uma opção para quem se encontrava cansado dos exercícios já padrões nas academias. Também, nesse treino é comum o uso de alguns acessórios que se diferenciam dos que são usados para a musculação.

Mas ainda que se tratem de práticas distintas, segundo especialistas, é possível que aquele que pratica treino funcional obtenha resultados similares ao da musculação quando se trata de fortalecimento dos músculos. Mas isso dependerá das abordagens usadas para os treinos.

E tal como ocorre em outros tipos de treinos, os exercícios que serão realizados no treino funcional são selecionados segundo o que o praticante necessitar e também segundo suas capacidades. Mas, ainda sobre esse treino, diferente da musculação, quando se realizada ele, mesmo que se queira focar em apenas um músculo, acaba-se trabalhando diferentes partes do corpo no processo.

Treino funcional e saúde mental

Há diversos benefícios para a saúde que podem ser obtidos com a realização do treino funcional, tais como a liberação de hormônios que contribuem para a manutenção da saúde mental e o bem-estar, como é o caso da serotonina, que é o hormônio da felicidade, atuando na regulação do humor e do sono, ou da endorfina, que gera a sensação de prazer.

Outros aspectos da saúde mental que podem ser melhorados com esse tipo de treino são a autoestima e a autoconfiança, além de também haver melhora da libido e da qualidade do sono.

Citação

SOUSA, Priscila. (15 de Novembro de 2022). Conceito de treino funcional. Conceito.de. https://conceito.de/treino-funcional