Conceito.de

Conceito de violência escolar

A violência contempla os atos que se exercem para impor ou obter algo através da força. Trata-se de ações deliberadas que podem causar danos físicos ou psíquicos à outra pessoa. Noutros termos, a violência também é aquilo que está fora do seu estado natural, fora do controlo próprio de quem a exerce.

Existem distintos tipos de violência, como a violência familiar (ou conjugal) e a violência de gênero. No que diz respeito à violência escolar, é dada pela ação ou omissão prejudicial que é exercida entre os membros de uma comunidade educativa (seja entre alunos, pais, professores ou pessoal não docente) e que pode ocorrer quer nas instalações escolares, quer noutros espaços diretamente relacionados com a escola.

Os especialistas apontam várias causas podendo propiciar o surgimento da violência escolar. Entre elas, destacam a exclusão social, a exposição à violência transmitida pelos meios de comunicação e a ausência de limites no comportamento social.

A violência escolar costuma estar associada ao assédio (moléstia) escolar ou bullying, isto é, o maltrato físico ou verbal que se produz entre estudantes de forma repetida e insistente e ao longo do tempo. Em geral, o bullying realiza-se através de troças e brincadeiras de mau gosto onde os rapazes e as raparigas que estão a chegar à adolescência são as vítimas.

O tema “violência nas escolas” suscita debates em vários países. No Brasil, por exemplo, muitos especialistas fazem análises, resumos, etc, sobre o tema a fim de encontrarem uma solução que possa reduzir o índice de violência nas instituições de ensino que não para de crescer.

Infelizmente, devido à falta de argumentos concretos ou mesmo de propostas práticas, o assunto acaba se torando algo comum.

Pode-se qualificar as escolas consoante o risco de violência escolar. Neste âmbito, mencionaremos as escolas de baixa vulnerabilidade (com boa integração e comunicação a todos os seus níveis) e as escolas de insegurança total (que surgem numa situação de anomia, isto é, onde não há qualquer controlo e as regras sociais se contradizem; os integrantes costumam andar com armas e existe a impunidade).

Mas, atualmente, a violência escolar não apenas contempla apenas o assédio, bullying ou violência física entre estudantes, mas há casos crescentes de violência por parte dos alunos aos professores. Há casos até mesmo de agressões a professores por parte dos pais de alunos.

Um dado preocupante é que o Brasil lidera o ranking de violência contra professores. Os dados são da pesquisa feita pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). E essa violência pode ser física (como acontece em sua maioria), verbal e mesmo uma violência psicológica, fazendo a pessoa sentir-se inferior, sem valor ou mesmo incapacitada.

Mas há ainda casos de violência por parte dos professores aos alunos, ainda que me menores números, onde professores usam-se de sua autoridade para intimidar e humilhar seus alunos.

Algo pouco abordado são os resultados que a violência, seja ela de que tipo for, causa ao aluno ou professor que a sofre, tais como: medo, insegurança, estresse e ansiedade, cansaço, sudorese, dores de cabeça, entre outros.

Essa situação também vai além e envolve até mesmo casos de violência sofrida nas escolas que foram causadas por criminosos instalados próximos a essas instituições ou mesmo antigos alunos que sofreram bullying e que tenham relação com criminosos.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

eixo terrestre

A noção de eixo tem mais de uma dúzia de significados. Pode ser a haste que sustenta um corpo enquanto ele gira, passando por...

Conceito de

égide

Égide tem origem na palavra latina “aegĭde” que significa o escudo de Júpiter ou o escudo de Minerva. De acordo...

Conceito de

écloga

Uma palavra grega que pode ser traduzida como escolha, chegou ao latim como “eclŏga” que em português se converteu...

Conceito de

Idade Antiga

Com origem etimológica na palavra latina “aetāte”, idade pode se referir a diferentes questões. Neste caso, vamos...

Conceito de

efusivo

O adjetivo efusivo é usado para qualificar aquilo ou aquele que manifesta ou revela efusão: ímpeto, vigor ou expansão nos...

Conceito de

efluente

A Michaelis, em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa, define um efluente como um resíduo (em forma de fluido ou...

Conceito de

efeméride

A palavra grega “ephemerís”, que se refere ao que é próprio de um dia, derivou no latim “ephemerĭde”...

Conceito de

edema

A palavra grega “oidema” chegou ao nosso idioma como edema. O termo é usado no campo da medicina para se referir à...

ARQUIVOS