Conceito.de

Conceito de zoonose

Escutar o artigo

Zoonose designa uma doença infeciosa que é transmitida de animais para humanos ou de humanos para animais. E os patógenos, organismos que causam essas doenças, podem ser virais, bacterianos, parasitários ou mesmo se tratar de agentes não convencionais.

zoonose
A zoonose é um problema de saúde pública

Mas de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a zoonose se trata de uma doença ou infecção que é passada de um animal vertebrado para um ser humano e vice-versa.

Uma zoonose pode infectar humanos e animais por meio de água e alimentos contaminados, assim como através do meio ambiente ou por contato direto.

Devido aos seres humanos possuírem, em vários países, uma relação próxima aos animais, especialmente por conta dos animais domésticos, a zoonose é um problema de saúde pública.

Em muitos casos, devido a zoonose, a produção e a comercialização de produtos de origem animal podem ser comprometidas, em especial os produtos que são destinados para a alimentação.

Zoonose mais comuns

Dentre as zoonoses mais comuns há:

Raiva: que é transmitida por meio da mordida de um morcego ou cachorro que se encontre infectado com o vírus chamado de Rhabdoviridae. Aqui a saliva do animal infectado entra em contato com a corrente sanguínea do ser humano e tende a adentrar o sistema nervoso, fazendo esse indivíduo apresentar os sintomas da doença;

– Esporotricose: a transmissão dessa doença acontece através dos gatos, quando uma pessoa é mordida ou arranhada por um animal infectado pelo fungo chamado de Sporothrix schenckii;

– Brucelose: essa doença é transmitida pela vaca, através de alimentos lácteos que não foram pasteurizados ou por meio do contato com sua urina, sangue, secreções, etc. Mas ela ainda pode ser transmitida por outros animais como ovelhas, porcos e bois e cachorros;

– Febre amarela: geralmente causada pela picada do mosquito transmissor da doença (que pode ser o Haemagogus, o Sabethes ou o Aedes aegypti e Albopictus);

– Dengue e zika: causada pela picada do mosquito chamado de Aedes aegypti;

– Leishmaniose: já essa se dá pela picada do mosquito do gênero Lutzomyia, que é mais conhecido como mosquito da palha);

– Leptospirose: são os ratos os responsáveis por transmitir essa doença (animais que estejam contaminados com ela), seja por sua urina ou suas fezes;

– Toxoplasmose: já essa doença é causa pelo contato com felinos (gatos e outros) que estejam contaminados. A transmissão acontece pelo contato com as fezes desses animais;

– Larva migrans cutânea ou bicho geográfico: são os parasitas Ancylostoma braziliense e Ancylostoma caninum que provocam essa doença. Essa larva pode estar nas fezes de animais como cães e gatos;

– Teníase (solitária): provocada pelo parasita Taenia sp., que costuma estar na carne de boi ou de porco que esteja crua ou que tenha sido mal cozida.

Controle e prevenção das zoonoses

conceito de zoonose
O mosquito Aedes aegypti é o causador da dengue e da zica, sendo algumas das zoonoses mais comuns

Para entender sobre os métodos de prevenção e controle das zoonoses, cabe antes entender sobre um patógeno.

Na biologia, um patógeno ou agente patogênico se trata de qualquer organismo que é capaz de produzir doença. E há diferença entre os métodos de prevenção para cada agente patogênico, contudo há muitas práticas classificadas como seguras e com eficácia para reduzir o risco tanto dos níveis pessoais quanto comunitários.

Um exemplo de medida que ajuda a reduzir os casos de zoonoses é aplicar diretrizes em relação aos cuidados dos animais no setor agro, sendo algo que contribui para diminuir o surto de doenças que tem origem nos alimentos como ovos, leite, carne, vegetais, etc.

Outras medidas para que haja um controle e prevenção das zoonoses é remoção de resíduos da água potável e a proteção para a superfícies da água em locais naturais, por exemplo.

Há ainda como importantes ações para as reduções de doenças as campanhas para estimular as pessoas a lavarem as mãos depois de estarem em contato com animais. E há muitas outras medidas essenciais para reduzir a propagação das zoonoses.

Mas no processo de controlar e prevenir as zoonoses há um problema que coloca em risco a eficácia do mesmo, que é a resistência antimicrobiana (RAM). E o uso de antibióticos nos animais que são destinados para a produção é algo geral, o que eleva o potencial de cepas (agrupamentos virais) de patógenos zoonóticos que possuem resistência a medicamentos, os quais ainda têm a capacidade de se disseminar de maneira rápida entre animais e seres humanos.

Sobre os casos de risco da zoonose

Os patógenos, como citado, são capazes de se disseminarem entre humanos e animais através de diferentes pontos de contato. No caso dos humanos, esses pontos de contato podem ser com animais domésticos e também com animais agrícolas, por exemplo.

E os comércios que atuam com a comercialização de produtos derivados de animais são considerados como de elevado risco em virtude da enorme quantidade de patógenos, ainda mais porque ali também é grande o número de patógenos existentes em alguns animais e que ainda não foram documentados.

Também é grande o risco para os trabalhadores e para as pessoas que vivem em áreas agrícolas ou selvagens, por exemplo, correndo o risco de contraírem alguma zoonose.

Citação

SOUSA, Priscila. (3 de Janeiro de 2023). Conceito de zoonose. Conceito.de. https://conceito.de/zoonose