Conceito de célula vegetal




Abr 03, 12 Conceito de célula vegetal

Uma célula é a unidade fundamental de um organismo vivo com capacidade de reprodução independente. Existem dois grandes tipos de células: as eucariotas (que alojam a informação genética num núcleo celular) e as procariotas (cujo ADN está disperso no citoplasma pelo facto de não terem um núcleo celular diferenciado).

Um vegetal, por outro lado, é um ser orgânico que cresce e vive sem se deslocar por impulso voluntário. Os vegetais têm a capacidade de sintetizar o seu próprio alimento através do processo de fotossíntese.

A célula vegetal é portanto aquela que forma este tipo de organismos. Trata-se de células eucariotas, cujo núcleo está delimitado por uma membrana. A parede celular é celulósica e tem a rigidez suficiente para evitar possíveis mudanças de posição e forma.

As células vegetais contêm um vacúolo central (que armazena e transporta água, nutrientes e dejectos) e plastídios (estruturas que sintetizam os alimentos). A presença de cloroplastos, por sua vez, converte os vegetais em seres autotróficos que produzem o seu próprio alimento através da fotossíntese.

Graças aos plasmodesmos (canais citoplasmáticos) as células vegetais podem comunicar entre si. Estes canais, geralmente situados nas zonas da célula onde a parede é mais delgada, facilitam a circulação dos solutos e da água.

Entre as principais diferenças entre as células vegetais e as células animais, destacam-se a parede celulósica, os cloroplastas e a existência de um único vacúolo no caso das vegetais.