Conceito.de

Conceito de aquecimento global

A noção de aquecimento global permite referir-se a duas questões relacionadas uma com a outra: por um lado, trata-se de um fenómeno observado pela temperatura média nas últimas décadas, a qual tem subido de forma substancial; por outro, é uma teoria que, a partir de distintas projecções, sustenta que a temperatura continuará a aumentar no futuro devido à acção do homem.

Apesar da popularidade que o tema tem tido nos últimos anos, é importante fazer algumas distinções. O aquecimento global tende a ser associado às alterações climáticas, ainda que este último fenómeno (a variação do clima) tenha sempre existido e seja natural. Em todo o caso, actualmente, a tendência é associar as alterações climáticas à intervenção humana, que resulta em variações anómalas.

Por outro lado, o aquecimento global está associado ao efeito de estufa, que é um fenómeno pelo qual determinados gases de que é composta a atmosfera terrestre retêm parte da energia emitida pelo solo depois de ter sido aquecido pela radiação do Sol. O efeito de estufa funciona da seguinte maneira: a radiação solar atravessa a atmosfera, faz ricochete e é reflectida para o espaço, pelo que volta a atravessar a atmosfera; no entanto, os gases com efeito de estufa (como o dióxido de carbono e o metano) produzem uma camada de contaminação que impede que os raios solares voltem a sair, provocando um aumento da temperatura na Terra.

Apesar de certos especialistas considerarem que o aquecimento global é um mito, existe algum consenso relativamente à necessidade de reduzir as emissões contaminantes para impedir que o aquecimento continue a aumentar. Se esta tendência não for revertida, os glaciares correm o risco de derreter, aumentando o nível das águas nos oceanos e inundando numerosas cidades.