Conceito.de

Conceito de assepsia

Escutar o artigo

Assepsia é o estado onde algo se encontra livre de bactérias, germes e outros agentes nocivos para a saúde. E para isso são utilizados distintos procedimentos a fim de evitar que o organismo, local ou objetos sejam infectados.

assepsia
A assepsia é o procedimento com o objetivo de manter algo livre de microrganismos nocivos

Tomemos como exemplo a assepsia das mãos, que é um procedimento realizado por todos em diferentes situações a fim de evitar a disseminação de bactérias e vírus. E esse tipo de procedimento é ainda mais essencial em locais como hospitais e clínicas, dado que nesses que são ambientes de saúde há maior incidência de agentes infeciosos.

O termo deriva do grego, onde se tem “sepsis” que significa “apodrecimento” e há o prefixo “a” para indicar negação, desse modo, assepsia é a ausência de podridão, ausência de infecção ou uma desinfecção ou higienização.

E a assepsia é algo crucial porque a pele é um local onde muitos germes podem se proliferar. E por meio dela tais germes podem ir de uma pessoa para outra ou de uma pessoa para um local ou mesmo objeto e desse ser transferido para outra pessoa. Por isso o procedimento de assepsia é feito tanto em pessoas (na pele) como em objetos, móveis, etc.

Assepsia hospitalar

É chamada de assepsia hospitalar aquela que se realiza no ambiente de saúde, com objetivo de descontaminar objetos usados nesse local, assim como realizar a higienização adequada dos profissionais de saúde que ali atuam. E isso é extremamente necessário, já que esse é um local comum para que hajam esses agentes nocivos à saúde.

Desse modo não apenas profissionais de saúde e pacientes se mantém protegidos contra agentes infeciosos, como também os acompanhantes dos pacientes, profissionais da área administrativa, entre outros que estejam nesse ambiente.

Quem foi considerado como o precursor da assepsia hospitalar foi o cientista francês Louis Pasteur. Ele foi quem desenvolveu a teoria a respeito das bactérias, onde teve-se conhecimento sobre como as feridas se infeccionavam e como pessoas sãs eram contaminadas por aquelas que encontravam doentes.

Técnicas de assepsia

conceito de assepsia
Diferente produtos podem ser usados para a realização da assepsia

Alguns exemplos de técnicas utilizadas para assepsia são a lavagem das mãos, limpeza de superfícies em salas de exames clínicos, o uso de avental hospitalar, uso de produtos antibacterianos sobre a pele dos pacientes antes de procedimentos cirúrgicos, entre outras.

Empresas que produzem suprimentos médicos elaboram variados tipos de produtos destinados para a assepsia, incluindo materiais de limpeza, produtos para a limpeza de locais e objetos usados por profissionais de saúde, etc. E o uso desses garante uma camada extra de segurança nos ambientes de saúde.

Assepsia cirúrgica

Tempos mais tarde foi desenvolvida a chamada assepsia cirúrgica, que é um procedimento importante para evitar que tecidos sejam contaminados no processo cirúrgico. E um dos que contribuíram para o desenvolvimento disso foi o médico e cirurgião britânico Joseph Lister.

Nesse processo, os objetos usados para a cirurgia devem ser submetidos, obrigatoriamente, a uma desinfecção e esterilização. E isso pode ser feito de diferentes formas, tais como com o uso de produtos específicos para a desinfecção ou mesmo com o uso de equipamentos como a estufa, que mantém uma temperatura sobre os objetos que ajuda a conter bactérias e outros agentes prejudiciais.

A assepsia cirúrgica é um procedimento de suma importância, que ajudou e continua ajudando a salvar a muitos.

Diferença entre assepsia ou antissepsia

Os termos “assepsia” e “antissepsia”, apesar de terem uma grafia com certa similaridade, possuem conceitos distintos.

Enquanto assepsia designa os métodos usados com o objetivo de impedir a invasão por microrganismos que podem causar danos ao organismo, a antissepsia é o procedimento realizado com o objetivo de desinfectar o que já teve uma infecção, ou seja, há um local invadido por microrganismos nocivos e a antissepsia se encarrega de tentar eliminá-los, sendo que para isso usa distintos produtos.

Num hospital, após a realização de uma cirurgia, é realizada uma antissepsia no local, com o objetivo de eliminar microrganismos nocivos.

Já antes da realização de uma cirurgia, o cirurgião e seus assistentes precisão realizar um processo de assepsia para evitar contaminações durante a realização do procedimento.

Mas é dito também que a assepsia não é a mesma coisa que esterilidade, que significa a ausência de todo e qualquer microrganismo, mesmo aquele que não é nocivo para a saúde.

Em algumas situações, a esterilidade é necessária. A exemplo disso se pode citar quando um laboratório cultiva uma amostra, sendo que tal material necessita de condições estéreis para evitar a contaminação dele. Se houver contaminação, pode acontecer do resultado ficar incorreto.

Diversos países possuem leis referentes a procedimentos para manter salas de exames, consultas, cirurgia e outras livres de agentes infecciosos, sendo que até mesmo políticas são implementadas por governantes quando há uma epidemia ou pandemia, por exemplo. E isso ajuda a evitar que um país seja afetado por uma doença ou mesmo ajuda a conter o avanço dessa ali.

Citação

SOUSA, Priscila. (25 de Maio de 2022). Conceito de assepsia. Conceito.de. https://conceito.de/assepsia